Cerimônia budista Tak Baht ganha análise etnográfica em novo livro da Eduff

Print Friendly, PDF & Email

“Tak Baht” (Eduff, 2018) é uma imersão etnográfica na tradição budista em Laos, mais especificamente na cidade de Luang Prabang. Na obra, o antropólogo Pedro Fandiño analisa a cerimônia, conhecida como tak baht, de recolhimento de doação realizada por monges budistas da corrente teravada, a mais antiga da religião. É um dos primeiros estudos que se decicaram a entender o costume e seus efeitos no país.

A cada nascer do sol, dezenas de monges e noviços percorrem as principais ruas da cidade, enquanto seus “provedores” esperam por eles ajoelhados. Na dinâmica, os monges recolhem doações, como arroz e outros alimentos, dos budistas que os esperam. Trata-se de uma cerimônia de trocas, uma vez que monges não podem lidar com dinheiro e utilizam-se dessas ofertas para se alimentar. Essas oferendas são também formas que os budistas encontram de “fazer mérito”, segundo a tradição religiosa.

Além de compreender e descrever o ritual, o autor reflete sobre como o tak baht se incluí no país comunista de Laos, recentemente aberto ao mercado estrangeiro, e o papel dos turistas e da ceriômia na economia da cidade.

Um trabaho com temática pouco vista nas Ciências Sociais, “Tak Baht” traz uma descrição detalhada, oferecendo ao leitor uma análise imersiva, além de conter dezenas de fotos do momento, ilustrando a cerimônia.

 

Saiba como comprar. 

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Setor responsável: 
Telefone: 
21 2629-5290
Conteúdos relacionados

Banner ponto biométrico UFF

A atualização mais recente deste conteúdo foi em 09/01/2019 - 11:02