Religiosidade

A partir da análise de filmes espanhóis, do período de 1950 a 1970, o professor cineasta Antônio Moreno analisa alguns dos principais temas da atualidade em “Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista”, que acaba de ser publicado pela Eduff. O lançamento, com sessão de autógrafos, será em 19 de setembro, na Livraria Icaraí, em Niterói.

A partir da análise de filmes espanhóis, do período de 1950 a 1970, o cineasta Antônio Moreno analisa alguns dos principais temas da atualidade no livro “Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista”, que acaba de ser lançado pela Eduff. Na obra, a relação entre religiosidade e cinema é apresentada por meio da investigação de “El Pequeño Ruiseñor” e “Marcelino Pan y Vino”, dois dos filmes de uma filmografia que ficou conhecida, na Espanha, como “Cine com niños”.

“Tak Baht” (Eduff, 2018) é uma imersão etnográfica na tradição budista em Laos, mais especificamente na cidade de Luang Prabang. Na obra, o antropólogo Pedro Fandiño analisa a cerimônia, conhecida como tak baht, de recolhimento de doação realizada por monges budistas da corrente teravada, a mais antiga da religião. É um dos primeiros estudos que se decicaram a entender o costume e seus efeitos no país.

A Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão (proex), está promovendo o Ciclo de Palestras “Religião, Política e Intolerância no Brasil”. No contexto do projeto de extensão Promoção e Defesa da Liberdade Religiosa, a palestra "Configuração Atual do Campo Religioso Brasileiro" debaterá os dados recentes relativos à distribuição de fiéis e templos religiosos no Rio de Janeiro.

Palestrante: André Brandão - Doutor em Ciências Sociais e Professor da UFF.

Word DocumentXLSCSV
Subscrever Religiosidade