Nova Friburgo

Notícias e Informes recentes

PROAES divulga primeira reunião do Acolhimento Estudantil 2020.1

O Acolhimento Estudantil 2020.1 está chegando...

Teremos nossa primeira reunião no dia 06 de fevereiro (quinta-feira), às 15h, no Bloco A.

Queremos saber o que a comunidade acadêmica acha do nosso evento, com sugestões e ideias que possam melhorar ainda mais. Neste dia levaremos todas as propostas indicadas no formulário para organizamos juntos o evento.

Acesse o formulário:
https://forms.gle/aGKGQz4JZS2xoGMq5

As múltiplas faces do racismo: projetos da UFF levam a história e a cultura da Ásia para a esfera acadêmica

Segundo dados do Censo 2010, 2 milhões de brasileiros residentes se autodeclaram de raça ou cor amarela, número que cresceu 177% em uma década. A denominação “amarela” se refere aos descendentes de japoneses, chineses, taiwaneses, coreanos e outros grupos cujas famílias saíram do Leste Asiático para o Brasil.

Renda Básica de Cidadania: pesquisadores da UFF participam da ampliação de projeto social pioneiro em Maricá

Divulgação

Sancionada em janeiro de 2004, a Lei 10.835 procurou mudar o cenário de desigualdades sociais no Brasil ao instituir um programa garantindo benefício monetário anual para brasileiros residentes e estrangeiros residentes há, no mínimo, cinco anos no país.

A Proaes divulga o edital de convocação da Bolsa Mérito 2020/01 concedida aos estudantes-convênio do PEC-G

A Proaes divulga o edital de convocação da Bolsa Mérito 2020/01 concedida aos estudantes-convênio do PEC-G que demonstrem aproveitamento acadêmico excepcional
O benefício, no valor de R$ 622,00 por mês, é concedido por um período de 6 meses. Os beneficiários fazem jus, ainda, à passagem aérea de retorno ao país de origem, quando da conclusão do curso.

Os estudantes interessados deverão acessar o link abaixo e ler atentamente o edital.

Fácil acesso e alto teor nutritivo: projeto da UFF valoriza o uso de plantas alimentícias não convencionais

Em todo o planeta, o número de plantas consumidas pelo homem caiu de 10 mil para 170 nos últimos cem anos, segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). No Brasil, apesar da sua riqueza em ingredientes facilmente encontrados na natureza, a demanda do mercado se concentra em algumas dezenas de itens, enquanto milhares de espécies são esquecidas e, consequentemente, acabam por ser extintas.

Páginas