Educação

A PROEX realizou reunião com o Programa TEAR UFF e a equipe da Subsecretaria de Projetos Especiais do município de Niterói. Participaram o Subsecretário de Projetos Especiais, Professor José Henrique Antunes, a Assessora da Educação Especial, Professora Andréa Pierre, a Coordenadora das Bibliotecas Populares Municipais, Bibliotecária Maria Lúcia Gonçalves, o Coordenador do Programa TEAR UFF, Professor Antonio Lyra e a Coordenadora de Difusão e Fomento à Extensão (CDFEX), Professora Lucíola de Luca.

A PROEX realizou entrevista com prefeito de Niterói Rodrigo Neves, que declarou: "A prefeitura não vai medir esforços para apoiar a Universidade." Segundo o Prefeito, "as universidades [...] são determinantes para a soberania [...] e para o desenvolvimento sustentável" das nações. Ainda segundo Rodrigo Neves, "quem ataca a universidade não tem compromisso com o Brasil, com a soberania do país e com o povo brasileiro."

Em breve, entrevista na íntegra no JORNAL EXTENSÃO EM FOCO

A PROEX divulga a realização da parceria com o programa de extensão Ciência Sob Tendas, coordenado pela professora Lucienne Fragel. O programa Ciência Sob Tendas é um centro de ciência itinerante que tem como objetivo contribuir para a alfabetização científica de crianças e jovens, propiciando a conscientização e compreensão pública da ciência e tecnologia através da realização de atividades lúdicas, criativas e interativas. A parceria visa a produção de vídeos institucionais de divulgação das ações extensionistas desenvolvidas pelo programa.

Projeto de Extensão Educação das Relações Étnico-Raciais em Jogo: Diálogos e Afetos

A PROEX divulga o projeto de extensão Educação das Relações Étnico-Raciais em Jogo: Diálogos e Afetos, que contará com oficina de jogos indígenas.

Esse evento será realizado no dia 13/06/19 às 16h no Instituto de Educação Física da UFF.

 

A Universidade Federal Fluminense integrará, no mês de maio, uma série de ações em prol da universidade pública gratuita, inclusiva e de alta qualidade. Há uma ampla corrente de manifestação de solidariedade que envolve a comunidade interna e familiares, bem como a sociedade em geral, entidades civis, jornalistas, artistas e personalidades. Neste mês de maio, é hora de mostrar para a sociedade o impacto e o valor das atividades desenvolvidas nas universidades públicas. Para isso, contamos com a participação de todos!

O Ministério da Educação confirmou na noite de ontem o bloqueio global de 30% do orçamento de custeio das universidades federais. Caso se concretize, essa medida produzirá um impacto negativo profundo e duradouro na sociedade brasileira, em razão da contribuição fundamental das universidades para o desenvolvimento do país. A Universidade Federal Fluminense tem como preceitos básicos a excelência acadêmica, o impacto social, a inovação e a transferência de conhecimento para a sociedade.

O evento é voltado para pesquisadores, estudantes, profissionais de diversas áreas como psicologia, psicanálise, filosofia, educação, saúde coletiva, ciências políticas, dentre outras áreas afins. As palestras e debates visam elucidar esse importante conceito da "autoridade" de modo a desmistificar lógicas distorcidas tando do ponto de vista político, como clínico e educacional. Por que chegamos ao ponto que chegamos? Por que a autoridade pode ser confundida com o autoritarismo? Qual a lógica da autoridade no plano familiar? E no plano psíquico?

Data de 11 de maio de 2016 a Portaria Normativa do Ministério da Educação que destinou algumas vagas nos programas de pós-graduação do país para pessoas com deficiência. Antes disso, em 2013, a UFF já inaugurava seu Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão (CMPDI), com uma proposta de vanguarda: fazer ciência não somente para a pessoa com deficiência, mas junto com ela. Em outros termos, “fazer com que a pessoa com deficiência não fosse vista simplesmente como ‘objeto de estudo’, mas como pesquisadora”, explica a professora Ediclea Mascarenhas.

No dia 11 de março, foi realizado o Neurocine que tem como objetivo promover a exibição de um filme, seguido de discussão com profissionais de diferentes áreas. Esse evento é vinculado à Semana Internacional do Cérebro (Brain Awareness Week), coordenada internacionalmente pela Instituição Dana Foundation. A atividade foi organizada pelo Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências (NuPEDEN) da UFF com o apoio do  INCT-NIM/CNPq,  PPG em Neurociências da UFF,  OCC/UFRJ e PROEX/UFF e aconteceu no auditório da Faculdade de Economia da UFF.

Em consonância com o tema escolhido para a X Semana do Cérebro "Neurociências e Educação", será exibido o filme "Se enlouquecer não se apaixone" que aborda a temática de um adolescente, Craig Gilner, que decide se internar em uma clínica de saúde mental. Em seguida, será realizado o debate sobre o filme com diferentes profissionais da área: Helena de Souza Pereira- Pesquisadora/UFF, Fátima Erthal – Pesquisadora/UFRJ, Ricardo Krause – Médico Psiquiatra e Terezinha Resende – Psicóloga clínica e orientadora vocacional.

A Pró-Reitora de Graduação esteve presente na reunião de planejamento da 39ª Reunião da Associação de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação-  ANPEd

A diversidade das experiências negras no campo cultural, da festa, da música, do teatro, da educação, da luta política, em diferentes épocas da história do Brasil, está presente em “Cultura Negra”, uma coletânea em dois volumes publicada pela Eduff.

Organizada por Martha Abreu, Giovana Xavier, Lívia Monteiro e Eric Brasil, a obra reúne 27 artigos. No Volume 1, o destaque é para as instituições e associações culturais e políticas negras, como escolas de samba, congados, jongos, bois e maracatus, nos tempos da escravidão, em especial, nos tempos do pós-Abolição.

Aline Bonifácio

Estarão abertas a partir de 22 de novembro as inscrições para o "2° Seminário Anual de Avaliação do Programa Transdiciplinar de Educação Integral e Fortalecimento de Políticas Públicas". O evento faz parte das ações desenvolvidas pelo programa de extensão Tear UFF Educação e será realizado em 30 de novembro, na Casa do Conhecimento, em Niterói.

SIEAD 2018
BRASIL - PORTUGAL - ESPANHA - INGLATERRA

Contribuições da Educação Aberta e à Distância para uma educação superior de qualidade: presente e futuro

22 de outubro de 2018
09 horas (Brasil)
Evento online, aberto e gratuito*

Quando estudamos um idioma estrangeiro, entramos em contato com diferentes culturas e histórias. A escolha do idioma e a forma como ele é ensinado diz muito sobre as relações entre língua, história e cultura, na construção de uma sociedade, e sobre os efeitos de nacionalidade. E é esse o objeto de estudo do novo livro da Eduff, “Francês e Educação”, do professor Felipe Dezerto.

Debater os hábitos e incentivos de leitura para o público infantil e sobre as bibliotecas destinadas a ele é um dos objetivos do livro “Quer que eu leia com você?”, lançãdo pela Eduff. A obra conta com um artigo de Ninfa Parreiras e três palestras de Luciana Esmeralda Ostetto, Maria Clara Cavalcanti de Albuquerque e Rachel Polycarpo da Silva, realizadas em 2012 e 2013, durante a mesa-redonda sobre Bibliotecas Infantis, evento anual da Biblioteca Flor de Papel.

A 1ª exposição da XIV Edição do Olhar do Artista Sobre o Meio Ambiente chegará dia 03 de agosto em Iguaba Grande, no Salão de Artes Zé Trindade. A abertura ocorrerá às 19h, no endereço Rodovia Amaral Peixoto, km 102, n°3399, Cidade Nova - Iguaba Grande/RJ, no 2º piso da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A exposição fica até o dia 29 de agosto, com visitação das 8h às 17h.

Segundo o IBGE de 2017, o Brasil tem cerca de 11,8 milhões de analfabetos. Esse número equivale a 7,2% da população, sendo a região do Nordeste a mais afetada pela questão. Em “Analfabeto: problema social e desonra pessoal” (Eduff, 2018), a antropóloga Tatiana Cipiniuk resignifica o conceito de analfabetismo e o destaca como um “problema social”.

É com muita satisfação que a FEUFF recebe, em sua sede, o V Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão (V CEDUCE), nos dias 28, 29 e 30 de junho de 2018.

Os temas inseridos na programação do Colóquio contemplam amplamente demandas contemporâneas de  debate sobre a docência em seus diversos aspectos, assim como as políticas educacionais e outras questões atuais.

Na organização do V CEDUCE estão as professoras Walcéa Barreto, Sandra Maciel e Monica Vasconcellos. O evento, conta, ainda com parcerias interinstitucionais com a UERJ, UFRJ e UEPB.

Desconstruir estereótipos e destacar o passado glorioso das rainhas e reis africanos são os grandes desafios do professor de História Contemporânea da UFF, Júlio César Medeiros Pereira, do Departamento de Ciências Humanas de Santo Antônio de Pádua.

O que o Brasil e o mundo podem aprender com a mudança educacional da Finlândia? É a essa pergunta que o professor e educador finlandês Pasi Sahlberg se propõe a responder em “Lições finlandesas”, que acaba de ser lançado, em português, pela Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff).

Para consolidação do Centro de Suporte Acadêmico, a Pró-Reitoria de Graduação está buscando, neste primeiro momento, parcerias com os técnicos em assuntos educacionais e setores/ servidores de saúde da Universidade Federal Fluminense. Com esse objetivo, lançamos dois formulários para preenchimento dos profissionais relacionados a essas áreas. Contamos com seu apoio!

O “I Seminário Anual de Avaliação”, promovido pelo Programa Transdisciplinar de Educação Integral e Fortalecimento de Políticas Públicas (Tear UFF Educação), foi realizado no dia 08/12/17, na Casa do Conhecimento, localizada no Caminho Niemeyer.

Professora do Departamento de Turismo da UFF Karla Godoy reflete sobre as diversas formas de se “estar presente” no mundo contemporâneo em “Formação humana no ciberespaço: os sentidos da presença na educação a distância”, novo livro da Eduff, que será lançado na próxima quarta, 13 de dezembro, na Livraria Icaraí, em Niterói.

Pré-Vestibular Curso MotivAÇÃO – Inscrições para o processo seletivo 2018

Inscrições: 04 a 08/12/17 e 08 a 10/01/18 - PRESENCIAL
PROVA: 15 e 16 de Janeiro de 2018

Local onde ocorrem todas as etapas e o Curso:
Prédio da Biologia (Antigo Prédio da Física), Sala 7
Rua Visconde do Rio Branco, n.º 47
Campus do Valonguinho – Centro – Niterói/RJ

 

Diante das questões contemporâneas socioambientais, a coletânea “Práticas comunicativas socioambientais” (Eduff, 2017), organizada Marcela de Abreu Moniz, Vera Maria Sabóia, Donizete V. Daher e Rodrigo Leite Pereira, oferece reflexões sobre demandas urgentes relativas à formação pedagógica do enfermeiro para atuação como educador em saúde ambiental.

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo 2018 do Curso Pré-Universitário Social da UFF – PRAXIS.
Número de vagas: 150

Inscrições: 13 de novembro a 01 de dezembro de 2017 – Online:
https://sites.google.com/view/praxis-2018/

Entrevistas: 22 a 26 de janeiro de 2018
Prova: 30 de janeiro de 2018.

Foi realizada na tarde da quinta-feira, dia 09/11/2017, na Pró-Reitoria de Extensão, a primeira reunião entre a Coordenação do GT Refugiados, representantes da PROEX e dos Cursos Pré-Universitários Sociais da UFF.

A Pró-Reitoria de Extensão, por meio do Programa UFF Mulher, realizará o Encontro “Educação e Mídia: reflexões sobre a formação de crianças e adolescentes” nos dias 10 e 11 de outubro de 2017, no auditório da Faculdade de Economia – Campus do Gragoatá, em Niterói - RJ. A atividade é gratuita e oferecerá certificação aos participantes.

As inscrições deverão ser feitas pelo link: http://www.extensao.uff.br/uffmulher.

A professora e pedagoga Carmem Lúcia Pérez acaba de lançar a coletânea “Experiências e narrativas em Educação” pela Editora da Universidade Fluminense (Eduff). O livro conta com onze artigos produzidos por pesquisadores de Brasil, Argentina e Portugal e que defendem a discussão sobre a prática docente a partir dos relatos de professores em cursos de formação inicial e continuada.

Foi realizada hoje, 02 de agosto, a primeira aula do Curso de Extensão/Formação Continuada para Profissionais da Rede Municipal de Educação de Niterói, ministrada pelo Prof. Dr. Jairo Werner Junior (Faculdade de Medicina da UFF/Departamento Materno-Infantil), com o tema “Avaliação dos processos afetivos-cognitivos do aluno”.

A Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, realizará o Seminário “A Lei 10.639 e o Combate à Intolerância Religiosa”, que visa discutir os desafios do ensino da história e das religiões afro-brasileiras e africanas na educação nacional.

O evento é vinculado ao projeto de extensão “Promoção e Defesa da Liberdade Religiosa".

Amanhã, dia 27/6, às 14h, no CEAD, o Pró-Reitor de Graduação, professor José Rodrigues, irá anunciar o lançamento do edital para a publicação da Coleção Redes de Educação, uma parceria da Editora da UFF e da Prograd.

A Pró-Reitoria de Extensão informa a realização do 49º FORPROEX Sudeste que ocorrerá de 27 a 29/09/2017, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, campus Praia Vermelha-RJ (Casa da Ciência). O evento está sendo organizado por uma comissão composta por representantes das Instituições Públicas de Educação Superior do Estado do Rio de Janeiro. Paralelamente ao evento acontecerão, também, atividades direcionadas aos extensionistas.

Propor metodologias de ensino que vão além do tradicional é um desafio. Pensando nisso, pesquisadores do curso de cinema da Universidade Federal Fluminense criaram, em 2013, o projeto “Inventar com a diferença - cinema, educação e direitos humanos”.

INFORMAÇÕES ATUALIZADAS!

AS INSCRIÇÕES PARA PALESTRANTES ESTÃO ABERTAS**!

 

O que é o Projeto Redes de Educação?

 

As Redes de Educação fazem parte do "Projeto 23 - Ações transversais à matriz curricular", do PDI, em execução pela Pró-Reitoria de Graduação da UFF. Este projeto visa a incorporar novas práticas de ensino-aprendizagem à universidade, a fim de melhorar, gradativamente, o ensino de graduação. Para atender aos anseios da comunidade acadêmica e da sociedade foram estabelecidas cinco redes:

Rede de Tecnologia Assistiva

Com a chegada das escolas não indígenas às aldeias, a infância guarani sofreu alterações. Devido a esse encontro cultural, foi necessário não só avaliar os impactos da escolarização, mas também pensar na formação curricular dos docentes. Esse é o ponto central debatido por Domingos Nobre em "Entre a escola e a casa de reza", que será lançado no dia 4 de maio, às 19h, na Livraria da Travessa, em Botafogo.

A missão de cooperação internacional entre a UFF e a Universidade de São Tomé e Príncipe (USTP), com parceria da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), resultou na publicação da obra “São Tomé e Príncipe Plural”. O livro, lançado no último dia 29 de março, no Centro de Artes UFF (Ceart), apresenta as perspectivas de diálogo e vivências oriundas da inserção de professores, estudantes e técnicos brasileiros na realidade local e da capacitação nas áreas de educação, comunicação e cultura, com amplo envolvimento de sua comunidade.

A Fundação Banco do Brasil (FBB) está com seleção pública aberta, até o dia 23 de fevereiro de 2017, para definição de eventos a serem patrocinados ao longo do presente ano. As seguintes áreas terão prioridades: água, agroecologia, agroindústria, educação, resíduos sólidos e Tecnologia Social.

Para maiores informações, acesse o site da Fundação Banco do Brasil

A Liga de Trauma, Reanimação e Emergência da Universidade Federal Fluminense (LiTRE-UFF) convida toda a comunidade para participar do “9º LiTRE Saúde”. O LiTRE Saúde é uma atividade de extensão universitária realizada anualmente na Praia de Icaraí. No evento os transeuntes têm a oportunidade de aprender sobre suporte básico de vida (BLS), reanimação cardiopulmonar (RCP), sinais para reconhecimento de acidente vascular encefálico (AVE) e do infarto agudo do miocárdio (IAM).

Com a chegada das escolas não indígenas às aldeias, a infância guarani sofreu alterações. Devido a esse encontro cultural, foi necessário não só avaliar os impactos da escolarização, mas também pensar na formação curricular dos docentes. Esse é o ponto central debatido por Domingos Nobre em "Entre a escola e a casa de reza", lançamento da Eduff.

Presença Negra na Educação de Jovens e Adultos, na Diversidade e Inclusão Social.

Lançamento de dois livros:

- Educação e Relações Raciais I e II

- O Negro da História da Educação Brasileira

Em seu oitavo ano de existência, o programa de extensão Educação Patrimonial em Oriximiná celebra um feito: a criação do primeiro curso de pós-graduação lato sensu em Etnoeducação da UFF. O programa é vinculado ao Departamento de Artes e Estudos Culturais (IHS/Puro), no Campus de Rio das Ostras, e ao Departamento de Psicologia (ICHF), em Niterói. As principais ações ocorrem na Unidade Avançada José Veríssimo (UAJV), no Pará, e nas comunidades locais.

A Exposição “ARTE E CENÁRIO DO ESPAÇO URBANO” será apresentada no Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS/UFF), na antessala do Espaço Interartes, a partir do dia 18 de julho, às 17 horas. Ficará exposta até o dia 04 de agosto. Endereço: Rua Professor Lara Vilela, 126 - São Domingos, Niterói. Entrada Gratuita.
A Exposição é composta por cinco Ensaios Fotográficos, realizados coletivamente, que retrata alguns dos temas urbanos: Mobilidade, Saúde, Educação, Movimento Social Ocupa Escola e Patrimônio Cultural. 

A discussão de políticas e práticas de inclusão une os três novos livros publicados pela Eduff. "Narrativas do nao ver", "Encontros entre surdos e ouvintes na escola regular: desafiando fronteiras" e "Por uma política da narratividade: pensando a escrita no trabalho de pesquisa", das psicólogas Carolina Manso, Luiza Teles e Luciana Franco, respectivamente, serão lançados no dia 15 de junho, às 18h, na Livraria Icaraí, em Niterói.

 

 

A Eduff - Editora da Universidade Federal Fluminense lança o livro "Psicologia e Educação: interfaces", na próxima quarta-feira, 9 de dezembro, às 18h, na Livraria Icaraí. Organizada por Luciana Coutinho e Lúcia Lehmann, a coletânea aborda os caminhos para se aplicar a Psicologia na área da Educação, com foco na formação docente.

O evento proposto terá por objetivo central ampliar e aprofundar o debate acerca da referida temática, promovendo ampla reflexão acerca da elaboração de políticas públicas no Brasil, privilegiando o enfoque em trabalhos que tenham como tema de análise central ações que se relacionem a construção e implementação de políticas públicas de caráter social.O Pré II ENPP será realizado nos dias 15, 16 e 17 de setembro de 2015, em Angra dos Reis.

Subscrever Educação