icone pessoasEu sou: Técnico | Docente | Estudante

Procedimentos e rotinas de interesse das Coordenações de Curso e Departamentos de Ensino

1.Criação de Disciplina/Atividade (Optativa e Eletiva)

Para criar Disciplinas/Atividades Optativas ou Eletivas, é necessário ter os seguintes documentos:

Optativa:

Formulário 13 preenchido e assinado pelo Chefe de Departamento ou Coordenador de Curso (caso a disciplina/atividade pertença a coordenação);
Cópia da Ata de aprovação pelo Departamento (se disciplina) ou Coordenação (se atividade) e Aprovação do Colegiado de Unidade;
Memorando da Coordenação de Curso solicitando a inclusão da disciplina a ser criada no rol de optativas de seu curso.

Eletiva:

Formulário 13 preenchido e assinado pelo Chefe de Departamento;
Cópia da Ata de aprovação pelo Departamento responsável pela disciplina e aprovação do Colegiado de Unidade.

2. Inclusão/Exclusão de Disciplina/Atividade já existentes

Para incluir ou excluir disciplinas, a Coordenação de curso deverá encaminhar, via memorando, a Decisão do Colegiado de Curso, e em mídia eletrônica (CD ROM ou pen drive) o arquivo (word), para publicação em Boletim de Serviço (B.S).

3. Desativação/Reativação de Disciplina/Atividade

Para desativar ou reativar uma disciplina ou atividade já existentes, om Departamento ou Coordenação de curso deverá encaminhar memorando solicitando a desativação e/ou reativação da disciplina/atividade.

Obs.: Todos os documentos deverão estar assinados.

4. Realocação de disciplina de um Departamento para outro

Para transferir uma disciplina de um Departamento para outro, o Departamento de Ensino/Coordenação de Curso deverá encaminhar via memorando, a cópia das Atas dos Departamentos/Coordenação envolvidos, constando a aprovação da renúncia do atual departamento/coordenação responsável pela disciplina e do aceite da execução pelo novo departamento/coordenação.

5. Alteração de Periodização de Disciplina

Para alterar a periodização de uma disciplina, a Coordenação de Curso deverá encaminhar, via Memorando, a Decisão do Colegiado de Curso, e em mídia eletrônica (arquivo de Word em CD ROM ou pen drive), para publicação em Boletim de Serviço (B.S)

Obs.: Todos os documentos deverão estar assinados.

6. Atualização de Pré e Co-requisito

Para atualizar (incluir, excluir e alterar) pré e/ou co-requisitos para as disciplinas, a Coordenação de Curso deverá encaminhar, via memorando, a Decisão do Colegiado de Curso, em papel e em mídia eletrônica (arquivo de Word em CD ROM ou pen drive), para publicação em Boletim de Serviço (B.S.).

Obs.: Todos os documentos deverão estar assinados.

7. Atualização de Equivalências

Para atualizar (incluir, excluir ou alterar) Equivalências de Disciplinas, a Coordenação de curso deverá encaminhar, via Memorando, a Decisão do Colegiado de Curso e o Formulário 16, e em mídia eletrônica (arquivo de Word em CD ROM ou pen drive), para publicação em Boletim de Serviço (B.S.).

Obs.: Todos os documentos deverão estar assinados.

8. Equivalências de Disciplinas para alunos formandos

Para editar equivalências de disciplinas obrigatórias, optativas e/ou eletivas para alunos formandos, a Coordenação de curso deverá encaminhar via Memorando, a Resolução do Colegiado de Curso constando o nome e a matrícula do aluno formando.

Obs.: Todos os documentos deverão estar assinados.

9. Regulamentação de ACs, Estágios Obrigatórios e TCCs

As Atividades Complementares (AC), os Estágios Obrigatórios e o Trabalho de Conclusão de Curso, deverão ser regulamentadas pela Coordenação do Curso e aprovadas no Colegiado do Curso.

O funcionamento das Atividades Complementares e procedimentos estão orientados com base na Instrução de Serviço PROAC, nº. 02 de 16 de abril de 2009.

10. Instrução de Serviço PROGRAD nº 14, de 07 de outubro de 2014 - registra e atualiza conteúdo programático e outros no IdUFF

– BOLETIM DE SERVIÇO ANO XLIV – N.° 157 20/10/2014  SEÇÃO IV       PÁG. 038 
INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROGRAD Nº. 14 de 07 de outubro de 2014.  

EMENTA: Orienta e estabelece normas quanto ao preenchimento no Sistema Acadêmico - IDUFF dos registros pertinentes aos Conteúdos Programáticos e Ementas de disciplinas e atividades complementares e de suas respectivas Bibliografias, Básica e Complementar, vinculadas aos Departamentos de Ensino e Coordenações dos Cursos de Graduação da UFF.

O Pró-Reitor de Graduação - PROGRAD, no uso de suas atribuições e  CONSIDERANDO as exigências estabelecidas pela Comissão de Avaliação dos Cursos de Graduação do MEC, no que se refere ao número de títulos referentes às bibliografias básicas e complementares definidas para o desenvolvimento dos conteúdos das disciplinas de caráter obrigatório, optativo e das atividades complementares; 
CONSIDERANDO a necessidade de adequação do acervo bibliográfico para a oferta de disciplinas de graduação da UFF com base no exigido pela avaliação do MEC; 
CONSIDERANDO que é de relevante importância que os departamentos de ensino e as coordenações de curso procedam ao registro e atualização dos conteúdos programáticos, ementas e bibliografias, básica e complementar das disciplinas ministradas no ensino de graduação; 
CONSIDERANDO que as informações acima citadas, são objetos de consulta pelo corpo docente, discente e pessoal técnico-administrativo da UFF e 
CONSIDERANDO o esforço conjunto da Pró-Reitoria de Graduação e da Superintendência de Documentação, através da Seção de Planejamento e Desenvolvimento de Coleções da Coordenação de Bibliotecas, para a adequação e aquisição de títulos para compor os acervos das bibliotecas da UFF. 

RESOLVE:  

Art. 1º - Ficam os Departamentos de Ensino e Coordenações de Cursos de Graduação,  autorizados a promover o registro e atualização dos Conteúdos Programáticos, Ementas, Bibliografias Básica e Complementar, das disciplinas a elas vinculadas, através do Sistema Acadêmico – IDUFF  e seguindo as orientações disponíveis no link: https://sistemas.uff.br/ajuda/index.php/Conte%C3%BAdo_Program%C3%A1tico  
Art. 2º - O acesso e atualização a referida ferramenta serão feitos através de senha pessoal da Chefia de Departamento ou do Coordenador do Curso. 
Art. 3º - A bibliografia básica deve apresentar, pelo menos, 3 (três) títulos, e a bibliografia complementar, no mínimo, 1(um) título.  
Art . 4º - Para a garantia da qualidade do processo de seleção de materiais bibliográficos que irão compor os acervos das bibliotecas é necessário que se leve em consideração os seguintes aspectos:  

I - Bibliografia básica: 

a) Livros textos nacionais e/ou importados indispensáveis para o ensino da disciplina dos diferentes cursos, com base nos planos de ensino, visando atender às propostas pedagógicas dos mesmos;
b) Bibliografia mínima indispensável para completar os conteúdos propostos no programa de estudos, de leitura obrigatória; 
c) Registro de documentos, livros, inventários, escritos, impressos ou quaisquer gravações, de caráter básico, que venham a servir como fonte para consulta, organizados pela identificação de cada uma das obras que constitui a bibliografia, contendo elementos como o autor, o título, o local de edição, a editora e outros.  

II - Bibliografia complementar: 

a) Livros nacionais e/ou importados necessários à complementação e atualização da pesquisa e/ou conteúdo programático das disciplinas nas diversas áreas do conhecimento humano, bem como para o desenvolvimento de atividades administrativas; 
b) Constituída por documentos que permitem aprofundar o conhecimento sobre alguns temas, ampliar a visão ou apresentar opiniões alternativas, sendo a sua leitura opcional;  
c) Registro de documentos, livros, inventários, escritos, impressos ou quaisquer gravações, de caráter complementar, que venham a servir como fonte para consulta, organizada pela identificação de cada uma das obras que constitui a bibliografia, contendo elementos como o autor, o título, o local de edição, a editora e outros.  

III - Para o acervo da bibliografia básica, serão adquiridos no mínimo 03(três) títulos e no máximo 05 (cinco) títulos por unidade curricular. 

IV - Para o acervo da bibliografia complementar, serão adquiridos pelo menos 02 (dois) títulos, e no máximo 05 (cinco) títulos por unidade curricular.  
V - Para a bibliografia básica, o número de exemplares deverá atender à proporção estabelecida nas recomendações do MEC, ou seja, calculados pelo número de vagas pretendidas/autorizadas de cada uma das unidades curriculares para todos os cursos que efetivamente utilizam o acervo.  
VI - Para a bibliografia complementar serão adquiridos no máximo 02 (dois) exemplares de cada título.  
VII - A seleção das bibliografias básica e complementar deverá ser revisada com a finalidade de garantir a sua adequação às ementas das disciplinas e ao mercado editorial. 
VIII - As bibliografias básica e complementar dos programas das disciplinas dos cursos devem ser atualizadas periodicamente pelos docentes, cabendo aos coordenadores dos cursos a inserção dos dados de identificação dos títulos a serem adquiridos em formulário próprio. 
IX – As bibliotecas que atendem aos diversos cursos deverão acessar a plataforma na qual são inseridos os títulos selecionados que irão compor as bibliografias, básica e complementar das disciplinas, visando à aquisição, processamento e divulgação desse material.  
Art. 5º - A presente Instrução de Serviço entrará em vigor na data de sua aprovação, ficando revogadas as disposições em contrário. 

RENATO CRESPO PEREIRA Pró-Reitor de Graduação # # # # # #

Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Compartilhe

A atualização mais recente deste conteúdo foi em 20/01/2016 - 17:58