Comunidade do Huap e Faculdade de Medicina participam de visita no novo ambulatório

Print Friendly, PDF & Email

Na última terça-feira, 13 de dezembro, foi realizada uma visita técnica no novo Complexo Ambulatorial do Huap, com a participação da comunidade do Huap e da Faculdade de Medicina que tiveram a oportunidade de conhecer as novas instalações. O superintendente do Huap, Tarcísio Rivello, recebeu o reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), professor Sidney Mello, e o vice-reitor professor Antônio Cláudio Nóbrega e falaram sobre a importância dessa obra para o funcionamento do Huap.

Ao chegarem no novo ambulatório todos puderam acompanhar através da planta do projeto como será a sua funcionalidade e suas referidas áreas.
A abertura da visita foi feita pela Gerência de Projetos e Obras (GPO), que falou sobre a necessidade de realização da obra e o início do projeto que começou a ser pensado em 2011, com intensa dedicação e trabalho.  Após processo licitatório realizado no ano de 2012, o andamento do projeto durou cerca de 1 ano com total aprovação da Anvisa e da equipe de arquitetos e engenheiros da Ebserh.

A arquiteta do GPO, Cristiane Cabreira, responsável pela obra, destacou as dificuldades encontradas em realizar o projeto a partir do levantamento da área já existente, que funcionava de forma desordenada, vinda de uma estrutura da década de 50.

Após a concepção do projeto foram realizadas diversas reuniões com as chefias das especialidades consideradas diferenciadas pela estrutura físico – espacial para organização dos consultórios amplos e estruturados, que passaram de 4 para 10 metros quadrados. Os consultórios classificados em exclusivos, preferenciais e indiferenciados representam a base do funcionamento do novo ambulatório, não há espaços individualizados objetivando em especial os usuários SUS.

De acordo com a arquiteta o objetivo era construir um espaço coletivo e compartilhado, que permitisse a circulação de pessoas, seja em cadeira de rodas, macas, muletas, baixa visão ou sem nenhuma limitação. Ou seja, a criação de um espaço digno para os profissionais que atuam no complexo ambulatorial ou para quem utiliza o nosso serviço, como paciente, acompanhante ou visitante. Todo o espaço foi pensado a partir de modificações que melhorassem as condições de trabalho e de ensino, além de proporcionar conforto ao paciente.

O novo complexo ambulatorial possui espaços dinâmicos, compartilhados e coletivos , considerando as necessidades especiais e a legislação vigente, sem nenhuma predileção ou favorecimento.  

Foi criada toda uma estrutura de apoio para a equipe que irá atuar no novo ambulatório, entre eles professores, técnicos administrativos, residentes e alunos, contemplando vestiários, banheiros e copa central e salas de discussão no 1º e 2º pavimento.

Melhorias para os usuários SUS

Para os paciente foram realizadas melhorias nos banheiros, com instalações acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou ostomizados, além disso próximo a pediatria foi criado um fraldário e instalados bebedouros.

A construção de um novo centro cirúrgico ambulatorial, hoje contempla duas salas de cirurgia, sala de recuperação salas de paramentação e preparo do paciente, com todo o apoio necessário ao ambiente.

Outra importante área denominada cuidados ao paciente foi criada visando um atendimento mais dinâmico e sob a supervisão do seu responsável , a área inclui sala de inalação, pulsoterapia ou hipodermia, sala de curativos, posto de enfermagem e sala de teste alergológicos.

O superintende do Huap, professor Tarcisio Rivello falou sobre a preocupação de durante a obra não prejudicar o atendimento causando o mínimo transtorno ao usuário SUS e profissionais. Os ambulatórios foram remanejados provisoriamente para outros dois andares do prédio principal, que também precisou passar por algumas adequações. Sobre a estrutura do local destacou a criação da rampa de acessibilidade em substituição a elevadores que costumam apresentar mais problemas. Rivello agradeceu aos professores, médicos, residentes e funcionários pela presença e a dedicação ao Huap.

O vice – reitor da UFF, professor Antônio Cláudio Nóbrega falou sobre a missão do  hospital universitário e do trabalho desenvolvido por cada um na construção desse objetivo que é formar pessoas e produzir conhecimento. Isso aumenta ainda mais a responsabilidade de um hospital como o Huap, que atende a  uma população com mais de 2 milhões de habitantes.

Para o reitor da UFF, professor Sidney Mello o novo complexo ambulatorial do Huap,  é resultado do esforço da gestão da universidade como um todo e dos profissionais que nela trabalham para construir uma universidade de primeiro mundo. Destacou ainda o trabalho realizado pelo superintendente do Huap que teve o desafio de realizar uma obra como a do ambulatório. Cada área que visitamos do hospital nós observamos o envolvimento de um grupo de trabalho envolvido no melhor funcionamento do Huap. Isso é motivo para exaltarmos com orgulho diante da universidade que estamos construindo, afirma.

Sustentabilidade

No segundo pavimento, foi utilizada uma solução que garantisse ao máximo a iluminação natural, o que deverá reduzir consideravelmente o consumo de energia. Outra medida sustentável adotada foi a captação de agua de chuva que, devidamente armazenada e tratada, poderá reduzir e o desperdício de água.

O ambulatório é a principal porta de entrada do Huap, no qual são realizados o diagnóstico e a orientação terapêutica de pacientes de média e alta complexidades. O setor possui consultórios para atendimento à diversas especialidades, como cardiologia, clínica médica, dermatologia, nefrologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia, obstetrícia, mastologia, neonatologia, hematologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pediatria, nutrição e serviço social, entre outras, possibilitando inclusive a realização de pequenas cirurgias ambulatoriais.

É importante ressaltar que toda a logística do novo complexo ambulatorial do Huap depende da atitude de cada um, trata-se de um espaço de todos e para todos, principalmente para o paciente SUS com quem temos o nosso maior compromisso. O funcionamento pleno do novo espaço está previsto para o 1º semestre de 2017, após treinamento e capacitação de pessoal para atuar no local.

Fotos: Divulgação - Proex

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
2126299454
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.