Logotipo da UFF

Você se preocupa em fazer escolhas sustentáveis no seu dia a dia?

O Brasil ocupa o 4º lugar no ranking de países que mais produzem lixo no mundo. Segundo dados do Banco Mundial, são 11,3 milhões de toneladas, o que equivale a 1kg de plástico por habitante, a cada semana! A UFF quer aprimorar suas práticas sustentáveis, sobretudo com o trabalho da Comissão Permanente de Sustentabilidade e, aproveitando a Semana do Meio Ambiente, que tal "comprar a ideia" de um consumo mais consciente? Separamos algumas boas dicas focadas na troca de produtos e até serviços, que podem ser interessantes para o seu dia a dia.

Você sabia que a camisa de algodão e a calça jeans são algumas das peças de vestuário que mais usam água em sua produção? A primeira pode consumir até 2,5 mil litros de água enquanto a segunda até 10 mil litros. Então ao invés de pagar por uma nova roupa que talvez um parente ou amigo já possua, você pode fazer uma troca com eles. Além disso, existem diferentes aplicativos e grupos nas redes sociais que te conectam com outras pessoas que querem trocar esses itens: o aplicativo Roupa Livre, a página Trocaderia e o Projeto Gaveta são ótimas opções.

Os sapatos também são itens que podem ser facilmente trocados. Hoje a maioria deles é produzida a partir de materiais como o couro e a borracha. E você sabe quantos anos, em média, esses materiais demoram para se decompor na natureza? O primeiro até 50 anos e o segundo cerca de 600 anos! Por isso uma boa opção, para o seu bolso e segurança do meio ambiente, é procurar feiras de trocas e reduzir o consumo desses itens.

Não só produtos, mas também a troca de serviços está em alta. O Beliive é uma rede de compartilhamento de tempo onde você troca conhecimento com outras pessoas. Por exemplo: se você dá aulas de inglês pode oferecer isso por lá e em troca fazer umas aulinhas de yoga. Para trocar itens diversos, o Tem Açúcar? estimula a troca entre vizinhos. Você se cadastra, define a sua localização, e a partir daí está liberado para pedir coisas emprestadas - e para emprestar. Já o Couchsurfing serve para encontrar um cantinho para dormir na próxima viagem. Cadastre-se e busque um anfitrião que tope recebê-lo por alguns dias no sofá da sala - às vezes tem até uma cama esperando por você.

Por último: livros. Às vezes falta espaço para tantos deles, e se desfazendo dos que você não quer mais, sobrará espaço para novas leituras. Além disso, ao trocar, você dá chance para que outras pessoas possam ler boas histórias. Você também pode doar livros e contribuir em um projeto social ou biblioteca pública, como a Biblioteca Central do Gragoatá, aqui na UFF. O aplicativo Livra Livro e o site Renova Livro também são ótimas formas de entrar em contato com interessados em trocas!

E então, servidor? Esperamos que você tenha se animado com as possibilidades que te apresentamos. Engajado nesse movimento, que tal começar a praticar as trocas no seu próprio ambiente de trabalho? É simples: converse com seus colegas de equipe e departamento e estimule essa ideia dentro da UFF. Uma boa dica é a troca de livros, uma das já sugeridas por nós, dentro do nosso espaço acadêmico. Aproveite que entre os dias 06 e 21 de junho a Comissão Permanente de Sustentabilidade da UFF disponibilizará um espaço no Hall da Reitoria para a doação de livros e também para a coleta de pilhas e tampinhas de plástico. Participe!

Tags: