UFF recruta voluntários com diabetes tipo 2 para pesquisa sobre problemas na gengiva

Print Friendly, PDF & Email

O Instituto de Saúde de Nova Friburgo (ISNF), unidade de ensino superior da Universidade Federal Fluminense (UFF), está recrutando voluntários portadores de diabetes tipo 2, para pesquisa sobre problemas na gengiva, como sangramentos durante a escovação dos dentes. O objetivo é avaliar a resposta clínica destes pacientes à aplicação de medicamentos que matam micro-organismos presentes na boca e que são prejudiciais à saúde.

Os interessados devem comparecer ao ISNF nos dias 05, 12, 19 e 26 de novembro, das 14h às 16h, para participarem de uma triagem, feita por um periodontista, que é um profissional especializado em problemas gengivais. Apenas os pacientes que atenderem a requisitos técnicos da pesquisa poderão iniciar o tratamento, que é gratuito.

“Vamos selecionar pessoas que não possuam outros problemas de saúde além do diabetes tipo 2. Depois da triagem, se identificarmos problemas na gengiva, faremos o tratamento inteiramente gratuito aqui na nossa clínica de Periodontia da UFF”, esclarece Gabriela Camargo, professora responsável pela pesquisa.

De acordo com a pesquisadora, “o diabetes mellitus é um grande fator de risco para a periodontite, que é a inflamação na gengiva. Este problema ocorre porque o diabetes aumenta cerca de três vezes a possibilidade de o paciente desenvolver a periodontite, e a inflamação crônica dos tecidos gengivais afeta negativamente o controle glicêmico do indivíduo”.

O Instituto de Saúde de Nova Friburgo fica na Rua Doutor Silvio Henrique Braune, 22, Centro – Nova Friburgo – RJ.

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 24/10/2019 - 16:42