Categoria
1ª Feira Literária da UFF reúne 40 editoras nacionais e 5 mil títulosNa manhã dessa terça-feira, aconteceu a abertura oficial da 1ª Feira Literária da Universidade Federal Fluminense. A Fluff é promovida pela Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) e pela Consequência Editora e conta com a participação de 40 editoras nacionais, que trouxeram mais de 5 mil títulos com até 50% de desconto. O objetivo da iniciativa é promover o mercado de livros no Estado do Rio de Janeiro, bem como contribuir para a promoção da divulgação científica e da literatura. Os estandes estão abertos no Campus do Gragoatá nos três períodos, de 09h a 20h até o dia 07 de novembro. A Feira Literária da UFF é um evento gratuito e aberto a toda a população do estado do Rio de Janeiro. Os descontos são oferecidos para livros de diversas temáticas, como best-sellers, obras premiada, literatura nacional, internacional e especializada. A UFF convida a todos os interessados no mercado editorial a conhecer os títulos e aproveitar as promoções, fomentando a democratização do conhecimento e da leitura. De acordo com o reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, a Fluff é uma cooperação institucional relevante entre 40 editoras, que se comprometeram a interagir com o público durante o período dos três turnos. “Esse foi um objetivo da feira. Não é apenas uma atividade comercial, que movimenta a economia, mas também tem seu propósito acadêmico e de popularização do conhecimento. Já estamos tendo um relato de lucro de vendas superior à bienal, o que é um dado importante”, informa Antonio Claudio. Além disso, o diretor da Eduff, Renato Franco, enfatizou que a feira não é somente um evento acadêmico destinado aos universitários, mas também tem a finalidade de promover o diálogo com diferentes pessoas e públicos. “Portanto, toda a comunidade de Niterói, São Gonçalo,Rio de Janeiro e arredores é bem-vinda e terá acesso aos descontos. Venham, sintam-se em casa e aproveitem a Fluff”, convida. A Fluff é a primeira festa literária promovida pela UFF e já conta com a participação de editoras do país inteiro. “A ideia é que a gente faça anualmente uma feira dessa natureza, porque não temos eventos assim no Estado do Rio de Janeiro, especialmente com esse percentual de desconto. Então, estamos muito satisfeitos de poder abrigar as editores e de apresentar à comunidade de Niterói e do Rio de Janeiro uma grande quantidade de editoras e de livros das mais diferentes áreas. Queremos disponibilizar os exemplares para o maior número de pessoas possível”, ratifica Renato Franco.   Sucesso garantido Um diferencial da feira é trazer editoras de relevância para expor suas obras dentro do campus, em interação direta com os estudantes nos três turnos durante toda a semana. A Fluff já atraiu apaixonados pelos livros e os organizadores receberam pedidos de uma segunda edição. “Eu leio bastante desde muito nova. Então, estou gostando muito. Há livros de História, Filosofia, Sociologia, temas muito importantes hoje em dia e que agregam muito em nossa vida acadêmica, em qualquer uma das áreas que estudamos. Então, eu, particularmente, acho que é sempre muito válido e gostaria que tivesse sempre”, disse Valesca Teixeira de Melo, aluna de Turismo da UFF. Para Wendel Siqueira, estudante de Francês na UFF, a ampla seleção de obras é importante e contribui com o cotidiano de estudos das disciplinas da UFF. “Eu estou gostando muito da feira. Vim ontem e hoje para dar uma olhada e estou achando os livros muito bons e com preço legal. Isso agrega bastante na nossa vida acadêmica, encontrei um livro que o professor está trabalhando na sala de aula”, contou. Obras em destaque Entre os best-sellers selecionados pela Eduff, estão obras importantes da casa, como o vencedor do Prêmio Jabuti 2015, "Estranhas catedrais: as empreiteiras brasileiras e a ditadura civil-militar, 1964-1988", de Pedro Henrique Campos; e os indicados ao Jabuti: "A morte midiatizada: como as redes sociais atualizam a experiência do fim da vida", de Renata Rezende,"Palavras e Brados - José do Patrocínio e a Imprensa Abolicionista do Rio de Janeiro", de Humberto Machado e "... como se fosse um deles: almirante Aragão - Memórias, silêncios e ressentimentos em tempos de ditadura e democracia" , de Anderson Almeida. Também estarão no estande da Eduff lançamentos mais recentes, como "História do pensamento econômico"; "Niterói, terra de índio"; "Vida de escola"; "Sertão, selva e letra"; "Realidade lacrimosa"; e "Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista". A Fluff também possui ofertas-relâmpago, como uma seleção especial com livros a partir de R$ 5 e combos de cinco títulos a R$ 15. Serviço A primeira edição da Fluff reúne 40 editoras e mais de 5 mil títulos de diversas áreas do conhecimento. A feira conta com a participação da Companhia das Letras, Zahar, Editora Vozes, Editora 34, Alameda, Aleph, Andrea Jakobsson Estúdio, Autêntica, Bazar do Tempo, Boitempo, Dublinense, Elefante, Editora FGV, Folio Digital, Lamparina, Lote 42, L&PM, Paco Editorial, Editora Perspectiva, Record, Revan, Todavia, Ubu, Editora Unesp e Editora Unicamp e Contraponto. A feira acontece no Campus Gragoatá, localizado na Rua Alexandre Moura, 8, São Domingos, Niterói, de 4 a 7 de novembro. Os estandes das editoras estarão abertos das 9h às 20h. Entrada franca.
UFF doa mais de 30 mil livros para acervos de todo o BrasilCom foco na sua missão institucional de divulgar a produção acadêmica e democratizar o acesso ao conhecimento, a Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) doou mais de 30 mil livros do seu acervo, no último ano. Mais de 20 instituições, cursos de pós-graduação e departamentos de ensino de diferentes estados brasileiros foram contemplados com títulos de diversas áreas. A mais recente doação foi para a Rede de Bibliotecas Integradas do Exército (Rede BIE), que recebeu 670 livros. De acordo com o reitor da Universidade Federal Fluminense, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, a ação é um exemplo da relação da universidade com a sociedade e com outras instituições de ensino. “É um volume considerável que vai enriquecer as bibliotecas municipais, estaduais e federais com livros de alta qualidade publicados pela Eduff. Com isso, a UFF contribui com a divulgação científica e com a facilitação do acesso ao saber acadêmico”, afirmou. Entre o segundo semestre de 2018 até setembro deste ano, a Eduff contribuiu para o acervo de bibliotecas como as da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, do Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, e do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Também receberam títulos da Eduff as Bibliotecas Populares de Niterói, o Centro Universitário Geraldo di Biase e o Museu Nacional. Com mais de 400 títulos em seu catálogo, a Eduff reúne obras de pesquisadores brasileiros e estrangeiros de diferentes áreas e acumula o reconhecimento no meio editorial. Em 2018, o livro "O arquivo e o lugar", de Margareth da Silva foi vencedor do Prêmio Abeu, na categoria "Ciências Sociais Aplicadas". Também neste ano, a editora foi indicada novamente ao prêmio Jabuti, com o livro "...como se fosse um deles: almirante Aragão - Memórias, silêncios e ressentimentos em tempos de ditadura e democracia" (Eduff, 2017), de Anderson Almeida, na categoria de "Biografia". As conquistas da Eduff não param por aí. Em 2015, a editora recebeu o Prêmio Jabuti na categoria "Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer", com o best-seller "Estranhas catedrais: as empreiteiras brasileiras e a ditadura civil-militar, 1964-1988", de Pedro Henrique Campos. Além disso, a editora teve mais dois livros indicados ao Prêmio Jabuti: "Palavras e Brados – José do Patrocínio e a Imprensa Abolicionista do Rio de Janeiro", de Humberto Fernandes Machado, concorreu na categoria "Comunicação, em 2015; e "A morte midiatizada: como as redes sociais atualizam a experiência do fim da vida", de Renata Rezende Ribeiro, na categoria "Comunicação", em 2016. Para saber mais sobre a Eduff, acesse o site (www.uff.br) e acompanhe os perfis da editora no Instagram (@eduff.editora), no Facebook (@editorauff) e no ISSUU (https://issuu.com/eduff_editora).
1ª Festa do Livro na UFF reúne editoras brasileiras e descontos a partir de 40%A Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) e a Consequência Editora vão realizar a 1ª Festa do Livro na UFF (Fluff), entre os dias 4 e 7 de novembro, das 9h às 20h, no Campus da UFF no Gragoatá, em Niterói. Aberta a toda comunidade acadêmica e ao público em geral, a Fluff reunirá cerca de 40 editoras e mais de cinco mil títulos das mais variadas áreas de conhecimentos, vendidos com descontos a partir de 40% no preço de capa. Além das organizadoras do evento, a primeira edição da festa literária contará com a participação da Companhia das Letras, Zahar, Editora Vozes, Editora 34, Alameda, Aleph, Andrea Jakobsson Estúdio, Autêntica, Bazar do Tempo, Boitempo, Companhia das Letras, Dublinense, Elefante, Editora FGV, Folio Digital, Lamparina, Lote 42, L&PM, Paco Editorial, Editora Perspectiva, Record, Revan, Todavia, Ubu, Editora Unesp e Editora Unicamp e Contraponto. Eduff na Fluff Entre clássicos e novos lançamentos, a Eduff vai levar mais de 100 títulos de temáticas diversas para a Fluff, todos com 50% de desconto. No rol de best-sellers selecionados, estão o vencedor do Prêmio Jabuti 2015, “Estranhas catedrais: as empreiteiras brasileiras e a ditadura civil-militar, 1964-1988”, de Pedro Henrique Campos; e os indicados ao Jabuti: “A morte midiatizada: como as redes sociais atualizam a experiência do fim da vida”, de Renata Rezende,“Palavras e Brados – José do Patrocínio e a Imprensa Abolicionista do Rio de Janeiro”, de Humberto Machado e “... como se fosse um deles: almirante Aragão - Memórias, silêncios e ressentimentos em tempos de ditadura e democracia”, de Anderson Almeida. Também estarão no estande da Eduff os lançamentos mais recentes, como “História do pensamento econômico”; “Niterói, terra de índio”; “Vida de escola”; “Sertão, selva e letra”; “Realidade lacrimosa”; e “Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista”. Quem for à Fluff encontrará, ainda, uma seleção especial de outlet, com livros a partir de R$5 e o combo de cinco títulos selecionados a R$15.  Outras informações sobre o evento, no site www.fluff.com.br.
Quinzenas temáticas da Eduff terão combos de livros a R$15Em outubro, as “Quinzenas temáticas” da Eduff trazem como novidade os combos promocionais. Agora, além de poder comprar cada livro selecionado por R$5, os leitores terão a oportunidade de levar todos os cinco para a casa, por apenas R$15. A promoção, que teve início em setembro, é válida para comprar no site da Eduff e na Livraria Icaraí (Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói). A primeira quinzena de outubro terá como temática a campanha de conscientização para prevenção do câncer de mama. Os livros escolhidos são “Tenho mioma, o que fazer?”, “Saúde da mulher na atenção básica”, “Gravidez e maternidade” e “Do lugar das mulheres e das mulheres fora de lugar”.   Confira a seguir a relação dos temas e livros que farão parte das Quinzenas temáticas em 2019: 1 a 15 de outubro – Quinzena Rosa Tenho mioma, o que fazer? Saúde da mulher na atenção básica: compilando informações que apoiam o ensino-aprendizagem na graduação de enfermagem Gravidez e maternidade - Uma abordagem médica do milagre da vida Ginecologia Do lugar das mulheres e das mulheres fora de lugar - Um estudo das relações de gênero na empresa 16 a 30 de outubro – Quinzena da Educação Formação humana no ciberespaço: os sentidos da presença na educação a distância Lutas por educação no Brasil recente: o movimento docente da educação superior Francês e educação: institucionalização de uma língua estrangeira em discursividade Educação superior e relações raciais Lições finlandesas: o que o mundo pode aprender com a mudança educacional na Finlândia? 1 a 15 de novembro – Quinzena do Cinema Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista Realidade lacrimosa Miragens e estilhaços Dos homens e das pedras - O ciclo do cinema documentário paraibano Um discreto olhar - Seis cineastas baianos - 1950/1980 15 a 30 de novembro – Quinzena da Consciência Conflitos sociais no espaço urbano Tambor dos pretos Racismo, capitalismo e subjetividade Violência e racismo no Rio de Janeiro Educação, violência e contemporaneidade 2 a 16 de dezembro – Quinzena da justiça Direito do consumidor ...remediado está. Direito ambiental e sua atual problemática Entre direitos fundamentais e democracia - Superando a dicotomia no direito brasileiro Sensibilidades jurídicas e sentidos de justiça na contemporaneidade: interlocução entre antropologia e direito 17 a 31 de dezembro  - Quinzena da Arquitetura Sementes urbanas 1 Sementes urbanas 2 Sementes urbanas 3 Barbante, ripas e luta: ocupações organizadas de terras urbanas no Rio de Janeiro, 1983-1993 Quando a rua vira casa - A apropriação de espaços de uso coletivo em um centro de bairro   Saiba como comprar esses e outros livros no site da Eduff.        
Eduff distribui livros durante recepção de calouros da UFFA Eduff distribuiu 1.900 livros durante o Acolhimento Estudantil, realizado no dia 15 de agosto. Ao todo, mais de duzentos estudantes foram contemplados com obras da editora, das mais diversas áreas de conhecimento, como Letras, Educação, História, Biologia e Literatura Infantojuvenil. Os estudantes puderam escolher até cinco exemplares da Eduff para levar para casa e, além dessa cota, os calouros também puderam levar os livros infantis publicados pela Editora e a obra “Apresentação de trabalhos monográficos de conclusão de curso”. No primeiro semestre deste ano, a Eduff também participou do Acolhimento Estudantil. Foram distribuídos cerca de 8.500 livros das mais diversas áreas para estudantes da UFF, como Letras, História, Saúde, Ciências Exatas e Ciências Sociais Aplicadas.  
PROMOÇÂO EDUFF: 180 anos de Machado de Assis, 180 livros com superdescontoConsiderado um dos maiores nomes da literatura brasileira, Machado de Assis completaria 180 anos neste 21 de junho. Para comemorar a data, a Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) está com 180 títulos do seu catálogo com 75% de desconto, no site e na Livraria Icaraí, em Niterói. Livros de várias áreas, incluindo “O Diálogo Europa-Brasil na obra de Machado de Assis”, de José Luís Jobim, Maria Elizabeth Chaves de Mello e Olinda Kleiman (orgs.), e “O romance "Dom Casmurro" de Machado de Assis - Edição crítica e comentada”, de Maximiano de Carvalho e Silva, poderão ser comprados online, no site da Eduff, nos dias 21 e 22 de junho, ou diretamente no balcão da Livraria Icaraí, nos dias 24 e 25 deste mês.  A Livraria Icaraí funciona das 9h às 17h e fica na Reitoria da UFF, na Rua Miguel de Frias, 9, anexo, Icaraí, Niterói. Conheça o catálogo da Eduff e faça suas compras online. Lembrando que, para compras realizadas pelo site, o prazo de entrega é de até 15 dias úteis.  
UFF convida para o lançamento do livro "Rio de Janeiro : 100 anos de habitação popular"A UFF e o  Centro de Memória Fluminense da Superintendência de Documentação (SDC/UFF)  convidam para a palestra e  lançamento do livro " Rio de Janeiro : 100 anos de habitação popular". Autoria:  Luciana Nemer - Professora da Universidade Federal Fluminense - Departamento de Arquitetura e Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo.
Alunos, professores e técnicos da UFF têm 50% de desconto nos livros da EduffCom o objetivo ampliar o acesso da comunidade acadêmica à produção editorial da Eduff, a partir de agora, estudantes, professores e técnico-administrativos da UFF terão desconto de 50% em todos os livros da editora comprados na Livraria Icaraí. Para adquirir os títulos pela metade do preço, os interessados deverão apresentar, na hora da compra, carteirinha de estudante, crachá ou contracheque. A Livraria Icaraí fica na Reitoria da UFF, na Rua Miguel de Frias, 9, anexo, Icaraí, Niterói. Acesse o site da Eduff e conheça o catálogo completo.  
Eduff participa do XVIII Encontro de História da ANPUHOs participantes do XVIII Encontro de História da ANPUH – Rio poderão conferir mais de 90 títulos da Eduff com descontos promocionais, incluindo clássicos como “Estranhas catedrais”, “A face oculta do ouro negro”, “Violência e racismo no Rio de Janeiro” e muitos outros. O evento será realizado entre 23 e 27 de julho, no Instituto de História da UFF, no campus do Gragoatá. Em 2018, o Encontro da ANPUH tem como objetivo estimular parcerias e troca de saberes entre historiadores, pesquisadores e interessados pela área. O propósito é diminuir o preconceito ainda perpetuado na academia, que faz com que parcerias nas áreas de ciências humanas não sejam bem vistas. Assim como a ANPUH, a Eduff também acredita na importância da troca de conhecimento e na união entre pesquisadores e professores como forma de disseminar e ampliar estudos e pesquisas na área.    
Promoção Eduff: frete grátis em compras pelo siteA Eduff está com frete grátis na compra online de 22 livros selecionados no site da Editora. A promoção, que vai até o dia 7 de março, inclui títulos recém-lançados e clássicos como  “A morte midiatizada” e “Palavras e brados - José do Patrocínio e a imprensa abolicionista do Rio de Janeiro”, finalistas do Prêmio Jabuti 2016 e 2015, respectivamente. Também integram a seleção os mais novos lançamentos da Eduff “O Rio de Janeiro dos fados, minhotos e alfacinhas - O antilusitanismo na Primeira República”, “Sementes Urbanas”, “Histórias de detetive para crianças: Ganymédes José e a série 'Inspetora' (1974-1988)” e “Tambor dos pretos: processos sociais e diferenciação étnica no rio Jaú, Amazonas. Confira a promoção, no site da Eduff. 
Eduff e Superintendência de Documentação selam novo modelo de parceria   A doação de 444 exemplares da Eduff marcou o início do novo modelo de parceria entre a editora e a Superintendência de Documentação (SDC) da UFF, durante encontro realizado na manhã desta quarta-feira, 8 de novembro, entre o diretor da Eduff, Aníbal Bragança, e a superintendente de Documentação, Déborah Ambinder, na Livraria Icaraí. Os exemplares entregues à SDC são referentes a 98 títulos, que incluem lançamentos recentes e livros que já integravam o catálogo da editora. Com o novo modelo de parceria, a equipe de bibliotecários do sistema de bibliotecas da universidade fará uma pesquisa prévia no site da Eduff para selecionar os títulos que interessam a cada área do conhecimento e a cada unidade. Até então, os livros doados para a SDC eram selecionados e encaminhados pela Eduff sem uma seleção prévia específica para cada unidade do sitema de bibliotecas. A partir de agora, a superintendente de Documentação, Déborah Ambinder, acredita que a nova ação vai permitir o enriquecimento das coleções das bibliotecas de acordo com o escopo das áreas e cursos atendidos por cada uma delas. “Esse novo modelo de parceria atinge um público muito maior, reflete e amplia a visibilidade da produção intelectual da universidade, sem contar que também amplia a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão”, afirma. Na ocasião, o diretor da Eduff, Aníbal Bragança, adiantou que há, ainda, um interesse de formalizar um acordo de cooperação entre a editora e a SDC para que haja uma continuidade na parceria entre os dois setores da universidade. A Superintendência de Documentação é responsável pela coordenação e gerenciamento do Sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFF, que conta atualmente com 35 unidades, incluindo 30 bibliotecas localizadas em Niterói e nos municípios de Campos dos Goytacazes, Rio das Ostras, Macaé, Nova Friburgo, Volta Redonda, Angra dos Reis, Santo Antônio de Pádua e Petrópolis. Também esteve presente na reunião a bibliotecária Márcia Silvestre, chefe da Seção de Planejamento e Desenvolvimento de Coleções, responsável pela parte de compras e doações.    
Promoção: 40% de desconto em 40 livros da EduffEm comemoração do Dia Nacional da Cultura, celebrado em 5 de novembro, a Eduff oferece 40% de desconto em 40 exemplares que poderão ser adquiridos na Livraria Icaraí, em Niterói, ou pelo site da editora. A promoção, que vai até 10 de novembro, traz títulos das mais variadas áreas do conhecimento, como “A face oculta do ouro negro” (de R$ 73 por R$ 43,80), “Violência e racismo no Rio de Janeiro” (de R$ 50 por R$ 30) e “Miragens e estilhaços da guerra – os filmes contemporâneos de ficção sobre a Guerra do Iraque” (de R$ 20 por apenas R$ 12). Também integram a seleção “Lima Barreto e Dostoiévski: vozes dissonantes” (de R$ 32 por R$ 19,20), “Ginecologia”, (de R$ 150 por R$ 90), “Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar” (de R$ 95 por R$ 57) e “A morte midiatizada” (de R$ 47 por R$ 28,20). Esta promoção não é cumulativa com outras já praticadas pela Eduff .   Saiba como comprar: Livraria Icaraí: Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói (RJ) http://www.eduff.uff.br/index.php/promocoes/696-cultura
Muito além dos livros: informação e pesquisa no sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFFA Superintendência de Documentação, através do Grupo de Trabalho Capacitação de Usuários convida a todos os alunos, professores, servidores e demais interessados a participarem do evento “Muito além dos livros: informação e pesquisa no Sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFF”. A palestra será oferecida em três datas, locais e horários distintos e tem como objetivo ambientar a comunidade acadêmica no uso pleno dos produtos e serviços oferecidos pelas bibliotecas do sistema. Venham conferir o que o Sistema de Bibliotecas e Arquivos tem a oferecer e tirem suas dúvidas. Será oferecido certificado a todos que participarem do evento. Faça sua inscrição ou inscreva-se no local. Mais informações no e-mail: gtcapacitacao@ndc.uff.br
Muito além dos livros: informação e pesquisa no sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFFA Superintendência de Documentação, através do Grupo de Trabalho Capacitação de Usuários convida a todos os alunos, professores, servidores e demais interessados a participarem do evento “Muito além dos livros: informação e pesquisa no Sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFF”. A palestra será oferecida em três datas, locais e horários distintos e tem como objetivo ambientar a comunidade acadêmica no uso pleno dos produtos e serviços oferecidos pelas bibliotecas do sistema. Venham conferir o que o Sistema de Bibliotecas e Arquivos tem a oferecer e tirem suas dúvidas. Será oferecido certificado a todos que participarem do evento. Faça sua inscrição ou inscreva-se no local. Mais informações no e-mail: gtcapacitacao@ndc.uff.br
Muito além dos livros: informação e pesquisa no sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFFA Superintendência de Documentação, através do Grupo de Trabalho Capacitação de Usuários convida a todos os alunos, professores, servidores e demais interessados a participarem do evento “Muito além dos livros: informação e pesquisa no Sistema de Bibliotecas e Arquivos da UFF”. A palestra será oferecida em três datas, locais e horários distintos e tem como objetivo ambientar a comunidade acadêmica no uso pleno dos produtos e serviços oferecidos pelas bibliotecas do sistema. Venham conferir o que o Sistema de Bibliotecas e Arquivos tem a oferecer e tirem suas dúvidas. Será oferecido certificado a todos que participarem do evento. Faça sua inscrição ou inscreva-se no local. Mais informações no e-mail: gtcapacitacao@ndc.uff.br
Flip homenageia Ana Cristina Cesar, e Eduff faz descontos de até 50% em conexão com o eventoA Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) de 2016, de 29 de junho a 3 de julho, escolheu como homenageada a poeta carioca Ana Cristina Cesar, ou Ana C., como costumava assinar suas obras e cartas. Ela é a segunda mulher escolhida desde a criação do festival, que até hoje só contou com Clarice Lispector como homenageada, em 2005. Em sua Conexão Flip-Niterói, de 29 de junho a 5 de julho - dois dias a mais que a Flip -, a Eduff fará promoção com descontos de até 50% em livros da editora na Livraria Icaraí. Grande fã da autora de "A hora da estrela", Ana será tema de duas mesas, uma delas com Benjamin Moser, biógrafo de Lispector no exterior. Nesta, Heloisa Buarque de Hollanda, grande amiga da autora, estará presente e trará pareceres da sua relação com a poeta e sua obra. O reconhecimento que a Flip dará a Ana C. traz certa revolução para o cenário literário brasileiro. Em uma entrevista ao Segundo Caderno do jornal O Globo, Heloisa garantiu que a escritora era "feminista, sempre muito preocupada com a questão do gênero na literatura". A academia literária brasileira, tomada por nomes masculinos e de idade avançada, precisará de flexibilidade para aceitar o que grandes nomes do seu público de leitores já aceitaram há décadas: a obra de Ana C. é única, intimista, especial e grandiosa. Estudar e inserir as obras de mulheres escritoras no mundo da literatura, com o reconhecimento que se é dado a grandes artistas, foi e é uma luta que atravessa gerações. A própria Clarice, Virginia Woolf, Jane Austen e outras foram conhecidas por, além da qualidade de suas obras, desafiarem os cânones literários de suas épocas, dominados por ideais machistas e tradicionais. As obras de escritoras como Ana C. e Sylvia Plath, bastante subjetivas, estavam dentro desse grupo de autoras femininas que defendiam a maior inserção das mulheres no mundo literário. "Experiência do limite: Ana Cristina Cesar e Sylvia Plath entre escritos e vividos" Com essa ideia em mente, Anélia Pietrani se dedicou a estudar as duas últimas em seu livro "Experiência do limite", publicado pela Eduff, levando em consideração que Ana C. e Plath tinham em comum a exposição do íntimo em seus trabalhos, muitos construídos em estados de espírito conflituosos que as levaram ao suicídio. Em sua obra, Pietrani explora as possibilidades de limites entre o eu lírico e o real, estratégias de escrever a vida e a relação entre a maneira de escrita com a morte. O livro traz um ensaio de Pietrani mesclado a cartas, passagens e anotações das duas escritoras. --> Confira o início do livro. --> Como comprar.
Afirmação das diferenças é tema de livro sobre inclusão educacionalAssegurada pela Constituição Federal de 1988, a educação visa ao desenvolvimento integral do indivíduo e ao preparo para a inserção cidadã. Mas nem sempre a teoria condiz com a prática, principalmente no que diz respeito à educação inclusiva. O poder da inclusão é o tema discutido pela professora Luiza Mascarenhas no livro "Encontros entre surdos e ouvintes na escola regular: desafiando fronteiras", lançado pela Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff). Durante sua graduação em Psicologia, a autora deparou-se com questões que limitavam o desenvolvimento educacional dos surdos em escolas regulares. A relação com alunos ouvintes muitas vezes acentuava a segregação educacional, ao invés de gerar integração. No livro, Luiza Mascarenhas também destaca as condições inadequadas de trabalho dos professores. Segundo a autora, faltam preparo e apoio para lidar com a inclusão dos alunos com necessidades especiais na rotina de uma escola regular. A autora também chama a atenção para a imposição das políticas de inclusão como projetos de governo, muitas vezes pensadas apenas como formas paliativas para lidar com a questão. --> Como comprar  
Sorteio para calouros: resultado divulgadoDez novos estudantes da UFF iniciam o primeiro semestre letivo de 2016 com leituras novas e especiais. O resultado do sorteio realizado pela Eduff foi divulgado nesta segunda-feira, 25 de abril. Confira a lista com os premiados e respectivos livros: - Pablo de Melo - "Introdução ao R: utilizando a estatística básica" - Matheus Ribeiro - "O romance Dom Casmurro de Machado de Assis" - Fernanda dos Santos - "1808: a corte no Brasil" - Beatriz Vieira Abunahman Matuck - "A face oculta do ouro negro" - Sachirrane Marcelano Guimarães - "Estranhas catedrais" - Gabriel dos Santos Rocha - "Pelé e o complexo de vira-latas" - Felipe Mongerote de Freitas - "Pato-mergulhão" - Evelyn Vasconcelos da Costa - "A Belle Époque italiana no Rio de Janeiro" - Larissa Santos - "A morte midiatizada" - Dayane Moreira - "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar" Os sorteados podem retirar o livro a partir desta terça-feira, 26 de abril, na Eduff (Rua Miguel de Frias, 9, anexo, sobreloja, Icaraí, Niterói). Para o calouro do interior, será enviado pelos Correios.
Eduff tem promoção e sorteio de livros de 11 a 22 de abrilTodos os livros da Eduff estão com 50% de desconto para estudantes e professores da UFF até 22 de abril. E mais: dez calouros serão sorteados para ganhar um livro cada. Para participar, os matriculados em seu primeiro semestre devem preencher o formulário no link abaixo e enviá-lo até o dia 22 de abril. --> Acesse o formulário do sorteio. Os livros do sorteio são: - "A face oculta do ouro negro" - "Estranhas catedrais: as empreiteiras brasileiras e a ditadura civil-militar, 1964-1988" - "A belle époque italiana no Rio de Janeiro - Aspectos e histórias da emigração meridional na modernidade carioca" - "Pato-mergulhão (ensaio)" - "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar" - "Introdução ao R" - "O romance 'Dom Casmurro' de Machado de Assis - Edição crítica e comentada" - "A morte midiatizada" - "Pelé - Complexo de vira-latas" - "1808: a corte no Brasil" Os ganhadores serão comunicados por e-mail e a relação completa estará disponível no site da Eduff e na página da editora no Facebook. Os livros da Eduff podem ser adquiridos na Livraria Icaraí, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói, ou pelo e-mail livrariavirtual@eduff.uff.br.
Eduff divulga resultado do Edital 2015 para publicação de 25 livrosA Eduff divulgou nesta quarta-feira, 30, o resultado da seleção de originais para publicação de livros pelos editais das séries Nova Biblioteca, Memória e Identidade e Ciência, Cultura e Inovação. Foram selecionados 25 originais. --> Consulte o resultado.
Eduff recebe mais de cem originais pelo Edital 2015A Eduff recebeu 103 originais para concorrer a publicação por meio do Edital 2015. A previsão é que sejam aprovadas cerca de 25 propostas para serem publicadas em até 12 meses. O julgamento ocorrerá entre 15 de janeiro e 15 de março, e o resultado final será divulgado pelo Conselho Editorial da Eduff em 30 de março. A quantidade de originais inscritos por série ficou assim distribuída: - Nova Biblioteca: 82 - Memória e Identidade: 15 - Ciência, Cultura e Inovação: 6 Os originais propostos foram produzidos, em sua maioria, por docentes ativos e inativos de diversas unidades e campi da UFF. Os proponentes incluem também servidores técnico-administrativos e estudantes egressos de programas de pós-graduação da universidade (História, Letras, Sociologia, Antropologia, etc.), alguns hoje docentes de outras instituições de ensino superior.  
Bibliotecas UFFA Universidade Federal Fluminense possui mais de 20 Bibliotecas, sob gestão da Superintendência de Documentação, e um extenso acervo com busca integrada em catálogo eletrônico, disponível online. Para saber mais, acesse o Portal de Bibliotecas