racionalismo

Eduardo Vieira desmistifica o discurso científico na medicina, centrado no racionalismo, e resgata o modo de produção de saber baseado no empirismo, no livro “As razões da terapêutica: racionalismo e empirismo na medicina” (Eduff, 2011). Na obra, o autor afirma que saber empírico ou quase empírico (sensibilidade, intuição, observação) é um modo privilegiado de se produzir conhecimento sobre a complexidade humana.

Word DocumentXLSCSV
Subscrever racionalismo