passagem ao ato

A impossibilidade de o adulto administrar sua própria sexualidade somada ao recrudescimento de uma sociedade autoritária desencadeia um estado de anomia, em que a angústia não faz mais “sinal” e eclode sem marcadores representacionais plausíveis. Aquilo que deveria surgir como “ansiedade sinal” no sentido de estruturar a subjetividade e preparar o sujeito para uma ação intuitiva, reflexiva ou simbólica, parece falhar.

Word DocumentXLSCSV
Subscrever passagem ao ato