Eu sou: Técnico | Docente | Estudante | Bandeira da inglaterra

ENEM

UFF oferece 5098 vagas para o SISU 2019.1 em nove cidades do Rio de Janeiro

Inscrições para o SISU estão abertas até 25 de janeiro

Nesta terça-feira, 22 de janeiro, começam as inscrições pelo site do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para disputa de uma vaga nas universidades federais. Nesta edição, a Universidade Federal Fluminense abriu 5.098 vagas em 122 cursos espalhados por nove cidades do Estado do Rio de Janeiro. No total, são 235.476 vagas em 129 universidades de todo o país. A seleção se encerra na sexta-feira (25).

Arquitetura e Urbanismo abre 74 vagas para 2019

Estão abertas até as 12h do dia 19 de dezembro de 2018 as inscrições para o Teste de Habilidade Específica de Arquitetura e Urbanismo para ingresso no ano letivo de 2019.
São 74 vagas, sendo 37 para o 1º semestre e outras 37 para o 2º semestre letivo de 2019.
O valor da taxa de inscrição é de R$ 110,00 (cento e dez reais) e o pagamento do boleto bancário deverá ser feito entre os dias 2 e 15 de janeiro de 2019.
O Teste ocorrerá no dia 3 de fevereiro de 2019, em Niterói.
Para maiores informações e inscrições, acesse:

Sisu 2016 - 2ª Edição - 2ª Chamada

Clique no link abaixo para acessar a relação dos selecionados na 2ª Chamada (formato PDF)
http://www.coseac.uff.br/2016/arquivos/SISU2016-2Edicao-Chamada2.pdf

Todo candidato classificado nesta Chamada, feita a partir da Lista de Espera organizada pelo SiSU, deverá, OBRIGATORIAMENTE, realizar a Pré-Matrícula - ONLINE em http://www.coseac.uff.br/2016/registro, das 16 horas do dia 27 de junho até as 12 horas do dia 4 de julho de 2016.

Sisu na UFF

As informações referentes ao ingresso de estudantes nos cursos de graduação da UFF por meio do SISU encontram-se nas páginas da COSEAC.
A COSEAC (Coordenação de Seleção Acadêmica), vinculada à PROGRAD - Pró-Reitoria de Graduação, é o órgão responsável pela organização, planejamento e execução dos concursos de seleção para ingresso nos cursos de graduação da Universidade Federal Fluminense.
Acesse www.coseac.uff.br/2016

Projeto desenvolvido no Instituto de Computação da UFF pode tornar o ENEM mais inclusivo e acessível para deficientes visuais

Apesar dos esforços aplicados na promoção de acessibilidade, alguns candidatos com deficiência, como os deficientes visuais, relatam experiências frustrantes durante a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A falta de preparação dos ledores e o cansaço são algumas dificuldades citadas. Neste cenário, a utilização do computador como meio de efetuar o exame visa permitir que pessoas com deficiência visual possam fazer a prova de forma independente.

Subscrever ENEM