Brasil

A diversidade das experiências negras no campo cultural, da festa, da música, do teatro, da educação, da luta política, em diferentes épocas da história do Brasil, está presente em “Cultura Negra”, uma coletânea em dois volumes publicada pela Eduff.

Organizada por Martha Abreu, Giovana Xavier, Lívia Monteiro e Eric Brasil, a obra reúne 27 artigos. No Volume 1, o destaque é para as instituições e associações culturais e políticas negras, como escolas de samba, congados, jongos, bois e maracatus, nos tempos da escravidão, em especial, nos tempos do pós-Abolição.

Na próxima terça, 27 de março, Phellipe Marcel lança “Discurso sobre alimentação nas enciclopédias do Brasil: Império e Primeira República (Eduff)”, a partir das 17h, na Livraria Folha Seca, no Centro do Rio. Na obra, o autor busca compreender, criticamente, o imaginário da naturalização dos sentidos sobre comida e alimentação que se construiu no Brasil do século XIX ao XX - principalmente nas enciclopédias brasileiras.

Em “Discurso sobre alimentação nas enciclopédias do Brasil: Império e Primeira República” (Eduff), Phellipe Marcel busca compreender, criticamente, o imaginário da naturalização dos sentidos sobre comida e alimentação que se construiu no Brasil do século XIX ao XX - principalmente nas enciclopédias brasileiras.

De acordo com o Relatório sobre o Panorama das Apreensões de Drogas no Rio de Janeiro 2010-2016, a questão das drogas ilícitas é fundamental para entender o fenômeno da criminalidade no Rio de Janeiro e, no que diz respeito ao uso de entorpecentes, ainda há muitas lacunas a serem preenchidas.

O Cine Arte UFF apresenta GRATUITAMENTE os filmes finalistas nas categorias Longa-metragem de Ficção, Longa-metragem Documentário e Longa-metragem Estrangeiro, para que o público possa ver ou rever e participar da votação popular do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro.

 

Horários das sessões: 

Dia 18 – (sexta-feira) 16h40 MARIAS
                                   18h30 ANIMAIS NOTURNOS

A Associação dos Professores Inativos da UFF (ASPI-UFF) convida professores, alunos universitários e de ensino médio e demais interessados em participar do Seminário "Visões sobre a conjuntura nacional - Para onde caminha o Brasil?".

O evento, organizado em parceria com a PROEX, faz parte da comemoração do Jubileu de Prata e acontecerá no Auditório do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia (Bloco P - Campus do Gragoatá) no dia 10 de maio.

Das águas do Tejo até a baía de Guanabara, os falantes da língua portuguesa constantemente a modificam, com seus variados usos. Seja um pescador do Rio São Francisco vendendo sua pesca ou um professor universitário de Lisboa, nossas escolhas no momento de falar e escrever não refletem apenas nossa cultura, mas também nossa percepção sobre a vida. É sobre uma dessas questões, que o pesquisador Eduardo Kenedy trata em “A língua portuguesa no Brasil e em Portugal: o caso das orações relativas” (Eduff, 2016).

O Instituto Estudos Estratégicos da UFF organiza o debate Para onde vai o governo Temer? Política, economia e política externa.

O evento conta com a pre­sença com os debate­dores Felipe Kezen (Economia-​UERJ), Guil­herme Simões Reis (Ciên­cia Política — UNIRIO), Mon­ica Leite Lessa (Relações Inter­na­cionais — UERJ).

A mod­er­ação será feita pelo prof. Thi­ago Rodrigues. As inscrições podem ser feitas no link https://​goo​.gl/​f​o​r​m​s​/​v​I​Z​I​i​N​L​C​1​z​E​6​6​q​c​t​1

A Aula Magna do Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos será min­istrada pelo prof. Luis Manoel Rebelo Fernandes.
“Entre Tran­sições e Rup­turas: o Brasil e a Ordem Mundial no Século XXI” é o título da palestra que será real­izada no auditório do bloco O do Cam­pus do Gragoatá, no dia 29 de setem­bro, às 11h.
Pro­fes­sor do IRI-​PUC e da UFRJ, Luis Fer­nan­des já ocupou alguns dos mais impor­tantes car­gos na área de pesquisa do Rio de Janeiro e do Brasil.

O Núcleo de Estudos Estratégicos Avançados (NEA) apresenta na tarde do dia 15 de setembro o Seminário Mudanças Políticas no Brasil e na Argentina.

O evento, a ser realizado no bloco G do Campus do Gragoatá, conta com os professores Leandro Gavião (PPGH-Uerj), Miriam Saraiva (PPGRI-UERJ),

Marcelo Gullo (Univ. Lanús e ESG-Argentina), Sérgio Sant´anna (IAB), Frederico Carlos de Sá Costa (INEST- UFF) e Victor Leandro Chaves Gomes (INEST-UFF).

A moderação é do professor Fernando Roberto Freitas de Almeida (INEST-UFF).

Subscrever Brasil