"Quando a rua vira cara" ganha nova edição pela Eduff

Print Friendly, PDF & Email

Clássico da área da Antropologia Urbana, o livro “Quando a rua vira casa” ganhou uma nova edição, revista e ampliada, pela Eduff (2016). Aliando conhecimentos de diferentes áreas, os autores Arno Vogel e Marco Antônio da Silva Mello analisam as maneiras pelas quais as pessoas se apropriam dos espaços coletivos. Os autores elegeram dois espaços para comparação: o bairro do Catumbi, com seu tradicional centro comercial, e a Selva de Pedra, no atual bairro carioca do Leblon.

Considerado obsoleto, o Catumbi foi construído no século XIX e recebeu imigrantes portugueses, italianos e ciganos. Já a planejada localidade de Selva de Pedra, na Zona Sul do Rio, surgiu no começo da década de 1970 e ocupou o lugar de uma antiga favela da região. Os autores buscam explicar o caráter próprio e diferencial do uso desses espaços, quando voltados para o lazer. Por fim, são avaliadas as sugestões das políticas de inspiração racionalista, dentro dos planejamentos urbanos.

A nova edição pela Eduff conta, ainda, com uma apresentação dos pesquisadores do Laboratório de Etnografia Metropolitana (LeMetro/IFCS-UFRJ) Felipe Berocan Veiga e Soraya Silveira Simões.

Sobre os autores
Arno Vogel é doutor em Antropologia na UFRJ e professor na Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Antônio Marco Antônio é doutor em Antropologia na USP e professor de graduação e pós-graduação na UFF e na UFRJ. O ilustrador, Orlando Mollica, é doutor em Comunicação pela UFRJ, além de arquiteto e urbanista, artista plástico, cartunista e ilustrador.

 

--> Como comprar.

 

 

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Setor responsável: 
Telefone: 
21 2629 5290
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.