Prax-Circense: projeto da UFF integra atividades circenses, saúde e educação

Das corridas de carruagem no Império Romano aos espetáculos mega produzidos do Cirque du Soleil, as artes circenses evoluíram ao longo do tempo, preservando o fascínio provocado em seus espectadores. Enquanto parte da cultura popular, o circo auxiliou no surgimento do Movimento Ginástico Europeu durante o século XIX — mais focado na saúde do trabalhador que sofria com as consequências da Revolução Industrial do que no usual entretenimento —, e posteriormente formulou e sistematizou a Ginástica, prezando pela rigidez e técnica nas performances corporais.

Instituto Confúcio da UFF ministra curso gratuito de língua e cultura chinesa para o Ensino Médio

O curso terá três anos de duração

Uma turma do Ensino Médio do Colégio Universitário Geraldo Reis (Coluni) receberá curso gratuito de língua e cultura chinesa. Os adolescentes terão contato e poderão se aprofundar na fonética, gramática, utilização e leitura dos caracteres chineses, assim como conhecerão as festividades, comidas e tradições do país. O curso começou na última segunda-feira, 1º de abril, é optativo e possui três anos de duração. A disciplina é uma iniciativa da universidade, em parceria com o governo chinês pelo Instituto Confúcio.

Reunião planeja preparativos para IV Festival de Cinema do BRICS

Festival de Cinema do BRICS será realizado pela primeira vez no Brasil.

Em 14 de março, a Universidade Federal Fluminense recebeu representantes do Ministério da Cidadania, Fundação Nacional das Artes (Funarte), Agência Nacional do Cinema (Ancine), Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e Prefeitura de Niterói para planejar detalhes do IV Festival de Cinema do BRICS. O evento internacional será organizado pela UFF em parceria com a Secretaria Especial da Cultura, com aporte de R$ 2 milhões de reais.

Pesquisa de mestranda da UFF revela o caráter democrático do Museu Nacional

Fachada do Museu Nacional

No dia 31 de agosto de 2018, a jornalista Fernanda Guedes, até então estudante do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF), defendia a sua dissertação de mestrado no Museu Nacional sobre o consumo da cultura por parte de grupos populares. Fernanda observou em sua pesquisa, de caráter inovador da área de Comunicação, que grande parte do público da instituição era originário dessa camada social e, mais do que isso, representava, para a maioria dessas pessoas, sua única experiência em instituições museológicas.

UFF oferece ao público programa voltado à qualidade de vida do idoso

Giba Maria cantando

Em meio a um contingente populacional no país de quase 208 milhões de pessoas, os idosos somam 30 milhões. Mesmo assim, quase não os vemos. Com seus cabelos brancos, passos lentos e olhares demorados para o horizonte, eles passam muitas vezes despercebidos, desafiando nosso modo de viver, baseado no cultivo de uma juventude eterna e em uma hiperaceleração do tempo.

Iacs e Cine Arte UFF: 50 anos de educação, arte e cultura

Fachada do IACS

Em 1968, a despeito do cenário marcado pela censura e perseguição da ditadura militar, foram criados o Instituto de Artes e Comunicação Social (Iacs), o curso de Cinema e o Cine Arte UFF. Hoje, cinquenta anos depois, comemorações retomam e entrelaçam a história vivida ao longo desse período. Para o diretor do Iacs, Kleber Mendonça, mesmo em um contexto de cortes nas verbas para a educação, garantir que a qualidade do ensino, das pesquisas e da formação humanística seja mantida é mais um motivo para celebrar.

Futebol e Política se discutem? Na UFF, sim!

Futebol: um dos mais importantes fenômenos sociais contemporâneos

Política e futebol podem parecer, à primeira vista, dois temas sem nada em comum. Entretanto, se pararmos para analisá-los mais de perto, é possível ver uma grande cadeia de inter-relação entre eles, indo desde assuntos concretos, como turismo e infraestruturas urbanas em geral, até questões mais subjetivas, ligadas a processos de construção da identidade nacional de um país.

Pesquisa da UFF de Pádua incentiva ensino da história africana nas escolas

Desconstruir estereótipos e destacar o passado glorioso das rainhas e reis africanos são os grandes desafios do professor de História Contemporânea da UFF, Júlio César Medeiros Pereira, do Departamento de Ciências Humanas de Santo Antônio de Pádua.

Territórios da Arte: cartografia brasileira de arte e cultura chega à UFF

Territórios da Arte - reunindo arte e cultura de todo o Brasil.

Um mapa afetivo das regiões do Brasil, constituído a partir de perspectivas locais. A descrição do projeto Territórios da Arte, resultado de parceria entre a Universidade Federal Fluminense e a Fundação Nacional de Artes (Funarte), resume a riqueza cultural que chega a Niterói, Rio das Ostras e Campos dos Goytacazes, a partir do dia 02 de outubro.

Culturas indígena e africana são destaque em novos cursos do Prolem

Já pensou em aprender Guarani Mbyá ou Yorubá? O Programa de Línguas Estrangeiras Modernas (Prolem) - espaço acadêmico vinculado ao Departamento de Letras Estrangeiras Modernas do Instituto de Letras da UFF - oferece pela primeira vez cursos desses idiomas, já no segundo semestre de 2017, com o objetivo de minimizar as desigualdades étnicas e raciais do ensino superior no Brasil.

Páginas