Oficina Interativa propõe aprendizado para além de fórmulas e símbolos

Print Friendly, PDF & Email

Projeto premiado na Mostra de Iniciação à Docência; "O mito da pior turma: desconstrução a partir de uma oficina interativa de química".

De modo geral, no ambiente escolar é comum se construir o “mito da pior turma” para turmas que concentram maiores números de alunos considerados indisciplinados, que apresentam dificuldade de atenção e gostam de transgredir regras. A ideia de que tais alunos são os piores tende a passar de professor a professor e, assim, se cria o mito.

A "Oficina Interativa - Experimentação investigativa sobre condutividade iônica e eletrólise da água” é desenvolvida através de metodologias ativas, embasada na problematização trazida por Paulo Freire, e na experimentação investigativa, levando o aluno a ser desafiado o tempo todo a pensar para além de fórmulas e símbolos decorados. Desta forma, eles são envolvidos em um aprendizado que tem como pilares a interação e a experimentação.

“ É comum o discurso do aluno do Ensino Médio de que Química é uma matéria muito difícil, quase que impossível de aprender. Quando o indivíduo tem essa perspectiva a respeito do conteúdo, raramente vai se interessar pela aula. Ele já acredita ser algo que nunca vai alcançar. Como a oficina parte de situações problemas conhecidas pelos alunos em seu cotidiano ou mesmo pelas redes sociais, ele se envolve, debate, comenta e, quando menos espera, está discutindo conteúdo de química, entendendo e utilizando fórmulas. Essa é a 'fórmula' da desconstrução: problematizar o mundo do jovem estudante, contribuir para que ele acredite em si, participe ativamente da discussão e das atividades. O envolvimento e o diálogo compõem a chave do processo”, afirma Sonia Nogueira, Coordenadora do Grupo de Pesquisa "Desenvolvimento e Inovação em Ensino de Ciências - DIECI UFF"

Pelo diálogo entre os estudantes e a equipe responsável pela oficina, formada por professores e licenciandos, o aprendizado se desenvolve. O convite à investigação por meio de experimentos análogos permite com que os estudantes descubram de desenvolvam os conteúdos propostos.

São realizadas também rodas de discussões e reflexões que ampliam a compreensão dos resultados experimentais e permitem um melhor desenvolvimento dos estudantes.

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Setor responsável: 
Telefone: 
26295432
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
1 + 1 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 30/01/2020 - 16:05