Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Intransigência e desrespeito fecham o campus e constrangem direitos da Comunidade Universitária

Hoje, 16 de junho de 2015, pela manhã, mais uma vez a comunidade universitária foi surpreendida com o fechamento dos portões de um campus da UFF, desta vez o da Praia Vermelha. Trata-se de um ato autoritário por parte do movimento grevista, que não reconhece o direito das pessoas de transitarem com liberdade e segurança pelos espaços da Universidade.

Reiteramos, mais uma vez, que a greve coloca em evidência os direitos de todos. De um lado, a reitoria reconhece a legitimidade da greve e respeita o direito à livre manifestação e, de outro, exige o respeito ao direito constitucional de ir e vir.

Atitudes intempestivas, unilaterais e ilegais, como a que se verificou hoje, não contribuem para o ambiente de democracia, paz e tranquilidade, que trabalhamos para garantir a todos, mesmo em uma situação adversa como a atual. Em adendo, ações dessa natureza criam um sério obstáculo ao estabelecimento de negociações com o movimento grevista.

A reitoria da UFF continuará tomando todas as medidas administrativas e legais necessárias para evitar e reverter qualquer impedimento ao exercício do direito de ir e vir.

Assinado - Reitor e Comitê Gestor da UFF

Grande área: