UFF lança Programa de Prevenção e Atenção à Saúde Mental dos Estudantes

Print Friendly, PDF & Email
Crédito da fotografia: 
Ingrid Telino e Renato Vasconcellos

Nessa segunda-feira, a Universidade Federal Fluminense realizou o lançamento do Programa de Prevenção e Atenção à Saúde Mental dos Estudantes da UFF no Auditório do Núcleo de Estudos em Biomassa e Gerenciamento de Água (NAB). O programa tem como principais objetivos garantir a melhoria na qualidade de vida dos estudantes, orientar o corpo discente sobre o acesso aos serviços que compõem a Rede de Saúde Mental da UFF e a Rede de Atenção à Saúde Mental Municipal, bem como apoiar institucionalmente os programas e projetos de atendimento à saúde mental dos estudantes da UFF.

Segundo o reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, o programa está em construção e é uma atitude concreta de envolvimento da gestão com o cuidado do estudante. “O objetivo principal é dar visibilidade e articular todas essas iniciativas e, com isso, fomentar novas atividades. Por isso, temos envolvidos no projeto desde aspectos acadêmicos, até operacionais, passando por diversos setores da UFF. Estão planejadas a continuidade, expansão e articulação das atividades de prevenção da saúde mental e de ausculta acolhedora aos estudantes, maximizando um trabalho que a Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proaes) já tem feito de forma muito qualificada”, afirmou Antonio Claudio.

A coordenadora do programa, Geralda Freire Marques, realizou o levantamento e cadastramento das ações e disse que passou a conhecer projetos muito importantes que já estão sendo realizados. “Foi um trabalho conjunto, exaustivo e gratificante com a colaboração da Proaes e sua equipe da Divisão de Atenção à Saúde do Estudante (DASE), que já vem realizando um excelente trabalho nessa área. Agradeço também à Pró-Reitoria de Extensão e ao professor Jairo Werner, da Faculdade de Medicina, além da Pró-Reitoria de Graduação e da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, que acolhem nossos alunos e servidores, além das unidades do Serviço de Psicologia Aplicada (SPA); e parcerias externas como o Centro de Valorização da Vida, que somam muito para que possamos cuidar da saúde mental dos nossos alunos”.

De acordo com a pró-reitora de Graduação, Alexandra Anastacio, em novembro do ano passado havia uma grande dúvida dos coordenadores de curso sobre como orientar os estudantes com problemas relacionados à saúde mental. “Temos uma preocupação muito grande na Prograd por causa do aumento nos pedidos de trancamento de matrícula e pedidos de regime especial com o motivo principal relacionado à saúde mental. Gostaria de agradecer à escuta acolhedora que a reitoria colocou para essas demandas. Precisamos unir diferentes profissionais que trabalham a prevenção e promoção da saúde mental dos estudantes” afirmou Alexandra.

O representante do Diretório Central dos Estudantes (DCE), João Neto, enfatizou que esse é um assunto importante para os discentes. “Principalmente nesse momento de crise econômica e social, que afeta diretamente a saúde dos estudantes. Para nós, isso é uma visão de futuro que mostra que a universidade se preocupa com a nossa saúde mental. O retorno disso é a gente produzir mais ciência, mais pesquisa, ter uma nota melhor e lutar para aumentar o CR”.

 

Rede de Atenção à Saúde Mental

O programa listou a Rede de Referências na UFF, com serviços de atenção psicossocial, para transtorno ou sofrimento mental. Por meio da Divisão de Atenção à Saúde do Estudante (DASE) são desenvolvidas ações de acolhimento, acompanhamento e encaminhamento de problemas de saúde que estejam impossibilitando o curso regulamentar dos alunos na universidade.

A fim de viabilizar o acesso à orientação psicossocial, atendimentos médicos e psicológicos, a projetos de saúde desenvolvidos na universidade e à prestação de serviços médico hospitalares da rede pública de saúde, a equipe responsável disponibiliza diariamente agendamento para o atendimento aos alunos, coordenadores, diretores/ professores de cursos, pais/parentes de estudantes da UFF.

  • Acolhimento ao estudante
  • Avaliação para serviços de clínica médica
  • Escuta com psicólogo
  • Orientação para a rede SUS - Projeto Café, Palavras e Suspiros
  • Rodas de Conversas

Ambulatório Clínico do Serviço de Psicologia Aplicada (SPA)

Atendimento psicoterápico a pacientes

Rede de Atenção a Saúde Mental dos Municípios

 

Compartilhe