icone pessoasEu sou: Técnico | Docente | Estudante

Acolhimento Estudantil: recepciona calouros e apresenta programas sociais da universidade

De acordo com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes), responsável pelo evento em Niterói, estão previstas aproximadamente 2,5 mil pessoas, nos três dias, 6, 7 e 8 de abril, no Campus do Gragoatá. Nos campi fora da sede, a estimativa é de mil calouros e familiares, nos dias 11 e 12 de abril, quando estudantes veteranos, professores e funcionários, com o apoio da Proaes, planejam atividades para recepcionar os calouros do primeiro semestre de 2016 da UFF.

Tradicionalmente, o programa Acolhimento Estudantil oferece, a cada semestre, as boas-vindas aos novos estudantes da Universidade Federal Fluminense. Desde 2007, com as mudanças implementadas no processo seletivo, o programa vem ganhando novo formato para atender principalmente o novo perfil de calouros. E, além disso, se adequar à realidade da instituição. Este ano, um dos focos da programação será informar aos calouros sobre o empenho da UFF em tentar manter suas ações afirmativas, como bolsas e auxílios, a fim de que o aluno permaneça na universidade até o término do seu curso.

O direcionamento que oferecemos é especialmente benéfico para quem vem de outros estados e cidades distantes.” - Renata Feitosa

Responsável pelo acolhimento e ex-aluna de Produção Cultural da UFF, Renata Feitosa, acredita que um dos maiores benefícios do evento é oferecer ao calouro “um norte” dentro do novo ambiente estudantil. “Quando você chega a uma universidade grande como a UFF, é natural ficar perdido. É um ambiente completamente diferente do colégio”, explica Renata. Ela enfatiza ser ainda maior esse problema para aqueles que moram em outra cidade. “O direcionamento que oferecemos é especialmente benéfico para quem vem de outros estados e cidades distantes. A família se preocupa com a mudança, mas a recepção da UFF deixa os pais mais seguros. Após inteirar-se do programa no qual os calouros são realmente acolhidos, eles permitem que seus filhos estudem numa cidade que ainda não conhecem”, completa.

Além de uma equipe formada pelos diversos setores da Proaes no dia do evento, conscientizando os calouros a respeito dos benefícios oferecidos pela UFF, a programação do acolhimento contará também com atividades organizadas por outros grupos da comunidade universitária. Entre eles, a oficina Café no Escuro, programa de inclusão da universidade, vai simular junto aos participantes a experiência de uma pessoa com deficiência física e vai apresentar as novas tecnologias desenvolvidas na área. Haverá também o Grupo Teia Arte-Política, formado por artistas plásticos e uma fotógrafa, que convidará o público a participar da criação conjunta de um painel. A equipe do Conheça a UFF, projeto da Superintendência de Comunicação Social, acompanhará, nestes dias do acolhimento, alunos do ensino médio a realizarem o primeiro contato com um ambiente universitário.
Na programação também estão previstas apresentações artísticas e workshops de atléticas e de diretórios acadêmicos.

Bolsas, Auxílios e Apoios

A Proaes disponibiliza na internet editais de programas sociais para o aluno matriculado em curso de graduação presencial, com o objetivo de ampliar suas condições de permanência na instituição: Bolsa Acolhimento para Estudantes Ingressantes, Auxílio Alimentação para Estudantes Fora da Sede, Auxílio Creche, Auxílio Moradia, Auxílio Saúde e a Bolsa de Apoio aos Estudantes com Deficiência, são alguns dos benefícios concedidos aos alunos da UFF. Para obter mais informações, entre em contato com a Proaes.

Compartilhe