Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Direito de Volta Redonda tem a maior nota de corte no Sisu 2015

O resultado final da prova do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), divulgado pelo Ministério da Educação no dia 26 de janeiro, traz um dado que chama a atenção: a maior nota de corte do país, à frente até mesmo dos cursos de Medicina de universidades tradicionais brasileiras, foi obtida pelo curso de Direito da UFF oferecido no Campus de Volta Redonda, com 830,39 pontos. Tão novo que ainda não formou sua primeira turma, o curso, criado em 2011, já começa a deixar sua marca no ensino superior do país.

O que se esconde por trás desse resultado? Um primeiro ponto a se destacar é o fato de que o curso atende a uma demanda reprimida do Sul Fluminense, região com mais de um milhão de habitantes e economia dinâmica, que, contudo, foi historicamente carente no que se refere ao ensino superior público. O curso de Direito de Volta Redonda oferece uma alternativa próxima de ensino também para moradores de regiões de outros estados, como o Vale do Paraíba de São Paulo e o sul e sudoeste de Minas Gerais.

Segundo o coordenador Marcus Wagner de Seixas, a inserção do curso na realidade do mercado de trabalho é um fator atraente. “A região conta com inúmeros escritórios de advocacia e diversos postos de trabalho em instituições públicas, o que contribui bastante na formação profissional dos alunos e facilita o acesso a estágios na área.” Direito de Volta Redonda oferece aos moradores da região a primeira oportunidade de obter essa formação de maneira pública e gratuita. Neste ano, abriu 45 vagas em cada semestre para ingresso via Sisu, nas modalidades de ampla concorrência e ação afirmativa.

O curso oferecido pelo Campus de Volta Redonda não é apenas novo, mas também inovador. Seixas ressalta que sua formação leva em conta as transformações pelas quais a área do Direito tem passado recentemente, tanto no que se refere ao impacto da transformação das tecnologias e dos meios de comunicação sobre a própria tramitação dos processos jurídicos – cada vez mais estruturados com base em plataformas eletrônicas – como em relação a temas emergentes, como os direitos autorais. “O curso conta com 19 docentes, em sua maioria doutores ou cursando doutorado”, acrescentou o coordenador.

O bom resultado evidencia o sucesso da estratégia de expansão da formação universitária da UFF para outros municípios fora da sede, em Niterói. Além deste município, a instituição se faz presente também em Angra dos Reis, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Macaé, Nova Friburgo, Rio das Ostras e Santo Antônio de Pádua. O desafio da UFF é não apenas capilarizar a formação superior, de modo a torná-la mais acessível a moradores de todo o Estado do Rio de Janeiro, mas de fazê-lo com boa qualidade. Conforme o resultado final das notas de corte do Sisu 2015 sinaliza, o curso de Direito de Volta Redonda oferece boas indicações do caminho a ser seguido.

Público-alvo: 
Localidade: