MEC está com inscrições abertas para o Programa de Bolsa Permanência (PBP) 2019 para estudantes indígenas e quilombolas

Print Friendly, PDF & Email

O Pró- Reitoria de Assuntos Estudantis informa que o Ministério da Educação está com novas inscrições abertas para o Programa de Bolsa Permanência (PBP) deste ano, para estudantes indígenas e quilombolas, matriculados em cursos de graduação presencial ofertados por instituições federais de ensino superior.

O Programa de Bolsa Permanência é um auxílio financeiro pago para estudantes de instituições federais de ensino superior em situação de vulnerabilidade socioeconômica e para indígenas e quilombolas. O valor da bolsa para indígenas e quilombolas é R$ 900. O recurso é pago diretamente ao estudante por meio de um cartão de benefício.

As inscrições deverão ser realizadas por meio do Sistema de Gestão da Bolsa Permanência (SISBP) do MEC, até 30 de agosto de 2019 através do link http://sisbp.mec.gov.br (Primeiro Acesso).

Após cadastramento no site do PBP – Programa de Bolsa Permanência do Governo Federal (sisbp.mec.gov.br), o/a estudante deverá enviar a para o email apoiosocialproaes@gmail.com a seguinte documentação OBRIGATÓRIA, digitalizada em um único arquivo PDF:

a) Formulário de Cadastro;

b)Comprovante de matrícula ativa em curso de graduação presencial da UFF: histórico acadêmico; ou comprovante de inscrição em disciplinas; ou declaração de matrícula emitido pelo Iduff do Aluno; ou emitido pela secretaria da escola na qual está vinculado/a;

c)Cópia do RG e CPF do/a estudante requisitante;

d)Auto declaração do/ estudante;

e)Declaração de sua respectiva comunidade sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 (três) lideranças reconhecidas

f)SE FOR INDÍGENA: Declaração da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) que o estudante indígena reside em comunidade indígena ou comprovante de residência em comunidade indígena;

g)SE FOR QUILOMBOLA: Declaração da Fundação Cultural Palmares que o estudante quilombola reside em comunidade remanescente de quilombo ou comprovante de residência em comunidade quilombola;

h)Termo de Compromisso do Bolsista devidamente assinado.

ATENÇÃO: Não é necessária a autenticação em cartório dos documentos

A análise dos documentos e aprovação do cadastro será realizada pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis até o dia 30 de setembro.

A Bolsa Permanência do MEC não poderá ser acumulada com as Bolsas Estudantis da Proaes.

Em caso de dúvidas entre em contato através do email apoiosocialproaes@gmail.com ou pelo Telefone 2629-2711

Acesse os anexos abaixo deste informe

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
21 2629-5348
Grande área: