"Geometrias e Representações" será tema de mesa com os contemplados pelo Instituto Serrapilheira

Print Friendly, PDF & Email

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação convida a todos para a live com os contemplados na 3ª Chamada Pública de Apoio à Ciência promovido pelo Instituto Serrapilheira: Maria Salazar e Jethro Van Ereken. Os pesquisadores, que integram o Departamento de Matemática Aplicada da UFF, falarão sobre seus projetos de pesquisa e carreira acadêmica. A mesa terá mediação da Pró-Reitora da PROPPI, Andrea Latge  e participação do Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Matemática, Max Oliveira de Souza. A transmissão será realizada no canal de Youtube da UFF amanhã, dia 03 de julho, às 16h, com acesso através do link: https://www.youtube.com/watch?v=sgsNbQZc3qQ&fbclid=IwAR0X2e4_ehPWKUCIafY...

Conheça mais sobre os pesquisadores:

María Amelia Salazar Pinzon

“Sou colombiana. Acabei estudando matemática quase por sorte: na escola gostava da música, da filosofia e das ciências básicas, mas foi só quando me decidi pelas matemáticas e entrei ao bacharelado que realmente entendi o que são e a beleza delas.” Demorei bastantes anos estudando matemáticas: primeiro acabei o bacharelado na Universidad Nacional de Colômbia em Medellín, daí fiz um mestrado em matemáticas na Universidad de los Andes em Bogotá e depois acabei fazendo um masterclass e meu doutorado em Utrecht University na Holanda. Ao terminar meus estudos fiz dois pós-docs: o primeiro no Max Planck Institute for Mathematics - Alemanha e o segundo no IMPA, Rio de Janeiro. Não foi por casualidade que meu último pós-doc foi no Brasil: eu queria que fosse em um país lindo, com pessoas amáveis e com boa pesquisa, porque sabia que possivelmente ia ficar morando aqui. Em 2017, entrei na UFF, no departamento de matemática aplicada. Minha pesquisa se concentra na área de geometria de Poisson e nos grupoides e algebroides de Lie."

Jethro van Ekeren

"Nasci na Nova Zelândia, e desde criança sempre me interessei por matemática, física e astronomia. Acabei fazendo minha graduação na University of Waikato (na minha cidade de Hamilton, Nova Zelândia) em matemática e física. Acho que minhas experiências mais formativas daquela época foram (1) participar na Olimpíada Internacional de Matemática no ensino médio (onde recebi uma medalha de bronze), e (2) fazer projetos de verão na minha universidade e na universidade UNSW em Sydney, Austrália. Essas experiências me ensinaram (1) como apresentar um argumento matemático, e (2) o que é fazer pesquisa na matemática. Em 2008 fui para os EUA fazer doutorado em matemática no MIT sob a orientação de Victor Kac na área de álgebra e a teoria de representações. Depois fiz um pós-doc na TU Darmstadt, Alemanha (com uma bolsa da Fundação Humboldt) e outro pós-doc no IMPA no Rio de Janeiro, onde me apaixonei pelo Brasil. Finalmente em 2015 entrei no departamento de matemática aplicada (GMA) da UFF. Minha pesquisa ainda está na teoria de representações, mais específicamente de álgebras de Lie e suas análogas de dimensão infinita: as álgebras de vértices."

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
2126295104

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 02/07/2020 - 14:04