Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Perguntas mais frequentes - Concluintes

A prova será aplicada no dia 26 de novembro de 2017, com início às 13 horas (horário de Brasília).

São considerados estudantes ingressantes que todos aqueles alunos que tenham iniciado o curso da Instituição de Educação Superior (IES) a ser avaliado, com matrícula em 2017 e que até 25/08/2017 tenham concluído (integralizado) até 25% da carga horária mínima do curso em que estão matriculados.

São considerados estudantes concluintes aqueles com expectativa de conclusão do curso até julho de 2018 ou os alunos que tenham concluído (integralizado) 80% ou mais da carga horária mínima do currículo do curso até 25/08/2017.

São estudantes em situação irregular, todos aqueles que inscritos em edições anteriores e habilitados à prova não tenham comparecido ou deixado de preencher o Questionário do Estudante do ENADE, sem que tenham obtido dispensa formal do INEP. São também irregulares de anos anteriores estudantes habilitados de cursos avaliados em anos anteriores, que por qualquer motivo tenham deixados de ser inscritos nos respectivos anos de avaliação.

O estudante poderá, eventualmente, acumular a dupla situação de concluinte em mais de um curso de graduação a ser avaliado pelo ENADE 2017. Nessa situação, o estudante deverá optar por uma das provas e comparecer ao local determinado no respectivo Cartão de Informação do Estudante.

Destaca-se que a situação de dupla graduação é reconhecida apenas quando verificada a dupla frequência, na condição de concluinte, a diferentes cursos avaliados pelo ENADE 2017.

O estudante selecionado que não realizar a prova ou deixar de responder ao Questionário do Estudante encontra-se na em situação IRREGULAR e não poderá receber o seu diploma enquanto não regularizar a sua situação junto ao ENADE, haja vista não ter concluído o respectivo curso de graduação (o ENADE é componente curricular obrigatório).

Nesse caso o proprio estudante deverá justificar a sua ausência ao exame através do sistema ENADE junto a sua coordenação de curso no prazo estipulado no Edital ENADE (normalmente em janeiro do ano seguinte a aplicação do exame). Caso a coordenação não justifique sua ausência o Estudante poderá recorrer recursalmente ao INEP.

O estudante que perder as possibilidades acima deverá aguardar a publicação do cronograma do ENADE do ano seguinte e solicitar a coordenação que efetue a sua inscrição como IRREGULAR DE ANOS ANTERIORES no período correspondente (normalmente em junho).

Note-se que em 2017, apenas concluintes deverão realizar a prova do ENADE. Os ingressantes estão dispensados da prova, embora devam ser inscritos pelas respectivas coordenações.

Estão dispensados e não precisam ser inscritos os alunos que colarem grau até 25/08/2017.

Os estudantes em condições de se formar no 1º semestre de 2017, devem solicitar às suas coordenações a sua inclusão na lista de antecipação de colação de grau.

A inscrição ao ENADE 2017 é dividida em dois momentos: inscrição de irregulares de anos anteriores de todos os cursos e inscrição de ingressantes (de 19 de junho a 11 de agosto); e concluintes dos cursos habilitados em  2017 (de 10 de julho a 11 de agosto de 2017). Há ainda um período para inscrições intempestivas (14 de agosto a 25 de agosto).

A Portaria Normativa que discipina a realização do ENADE 2017 foi publicada em abril de 2017.

O Edital que dispõe sobre as diretrizes, procedimentos e prazos foi publicado em junho de 2017.

Além dos instrumentos regulatórios, diretamente no site da PROGRAD UFF, é possível obter uma serie de informações complementares e esclarecimentos úteis.

1º) Verificar a correção dos dados do coordenador do curso no sistema e-MEC e solicitar ao PI as correções que se fizerem necessárias; (TODOS OS CURSOS)

2º) Informar ao PI através do Formulário Eletrônico disponibilizado para este fim o correto e devido pré-enquadramento do curso até 07 de julho de 2017. (TODOS OS CURSOS)

3º) Retirar a Senha de acesso às inscrições na pagina do INEP .

4º) Informar os seguintes dados dos estudantes habilitados: código e-MEC do curso, CPF do aluno, localidade ano de conclusão do ensino médio e turno. Poderá ser efetuado através de remessa em arquivo de lote gerado no sistema acadêmico da UFF.

6º) Orientar aos estudantes habilitados ao ENADE 2017 sobre o ônus do descumprimento desse componente curricular. (CURSOS AVALIADOS NO ENADE 2017)

Os Coordenadores deverão utilizar-se da Ferramenta ENADE disponibilizada no Sistema IDUFF.

Através dessa lista o Coordenador poderá gerar uma lista preliminar de estudantes em condições de serem inscritos como ingressantes e concluintes, podendo também, a seu critério, inserir ou excluir estudantes da lista.

Pode gerar os arquivos de lote para exportação e posterior importação no sistema ENADE do INEP.

Traz também a funcionalidade adicional de encaminhar informativos via sistema IDUFF aos alunos selecionados quanto a sua condição de estudante habilitado.

Se o estudante está habilitado conforme normativa do INEP para ser inscrito e fazer a prova na condição de CONCLUINTE deve ser inscrito. Se por qualquer razão não foi devidamente inscrito, não pode fazer a prova e encontra-se na condição de IRREGULAR sem poder colar grau e obter seu diploma.

Nesse caso a Coordenação de curso deverá:

1. Verificar a possibilidade de inscrevê-lo na situação de irregular de anos anteriores na próxima edição do ENADE; ou

2. No caso de prejuízo iminente ao estudante, formar processo para o Pró-Reitor de graduação, apresentando a justificativa para a omissão da inscrição, para que este avalie a possibilidade de efetivar a dispensa do estudante.  (Esta hipótese aplica-se exclusivamente aos estudantes concluintes habilitados conforme legislação pertinente e obedecendo ao tramite da Instrução de Serviço PROGRAD 05/2015)

O cronograma de eventos no ENADE 2017, está especificado no item 1.3 e 1.4 do edital convocatório do ENADE, conforme abaixo:

a) Enquadramento dos Cursos – Procurador Educacional Institucional (PI) Das 10h do dia 19/06/2017 às 23h59min do dia 11/08/2017, horário oficial de Brasília-DF.
b) Inscrições dos Estudantes Irregulares de anos anteriores - Coordenador do Curso Das 10h do dia 19/06/2017 às 23h59min do dia 11/08/2017, horário oficial de Brasília-DF.
c) Inscrições dos Estudantes Ingressantes Regulares- Coordenador do Curso Das 10h do dia 19/06/2017 às 23h59min do dia 11/08/2017, horário oficial de Brasília-DF.
d) Inscrições dos Estudantes Concluintes Regulares-Coordenador do Curso Das 10h do dia 10/07/2017 às 23h59min do dia 11/08/2017, horário oficial de Brasília- DF.
e) Retificação de Enquadramento e Inscrições Intempestiva - (PI) Das 10h do dia 14/08/2017 às 23h59min do dia 25/08/2017, horário oficial de Brasília-DF.
f) Cadastro dos Estudantes Concluintes Regulares Das 10h do dia 14/08/2017 às 23h59min do dia 26/11/2016, horário oficial de Brasília-DF.
g) Solicitação de Atendimento Especializado e/ou Específico Das 10h do dia 14/08/2017 às 23h59min do dia 03/09/2017, horário oficial de Brasília-DF.
h) Preenchimento do Questionário do Estudante Das 10h do dia 28/08/2017 às 23h59min do dia 26/11/2017, horário oficial de Brasília-DF.
i) Divulgação dos Locais de Prova 1 3/ 11/ 2 0 1 7
j) Preenchimento do Questionário do Coordenadorde Curso Das 10h do dia 27/11/2017 às 23h59min do dia 08/12/2017, horário oficial de Brasília-DF.
k) Previsão de Divulgação da Relação de Estudantes em Situação Regular  20/ 12/ 2017
l) Período de solicitação de Dispensa pela IES Das 10h do dia 22/12/2017 às 23h59min do dia 31/01/2018, horário oficial de Brasília-DF.
m) Período de Solicitação de Dispensa peloInep Das 10h do dia 05/02/2018 às 23h59min do dia 23/02/2018, horário oficial de Brasília- DF.

Aplicação do Exame 26 de novembro
Abertura dos portões 12h
Fechamento dos portões 13h
Início da prova 13h30min

Se o estudante de um curso avaliado foi considerado como habilitado a participar do ENADE na condição concluinte, isto é, na condição de formando ou provável formando do semestre em curso ou o seguinte, está sujeito a fazer a prova do ENADE. Deve fazê-la pois, do contrário, estará impedido de colar grau obter seu diploma de graduação até que a situação seja regularizada, pois isso pode atrasar a formatura do estudante de 1 a 7 meses.

Mas não apenas fazer a prova, mas fazê-la de modo responsavel e comprometido é importante porque o ENADE é uma das ferramentas de avaliação dos cursos superiores no sistema federal de educação superior. Assim os bons resultados obtidos no ENADE, refletem na média dos conceitos dos cursos, essa média tem grande representatividade no Conceito Institucional no SINAES (o, no caso da UFF, responde por cerca de 40% do IGC – Índice Geral de Cursos.) e o IGC representa hoje um acréscimo de até 20% no orçamento institucional das Instituições Federais de Educação Superior, como a UFF.

Portanto fazendo a prova, e fazendo-a diligentemente, o aluno contibui para o aumento do orçamento da universidade e a garantir melhores condições gerais de oferecimento dos curso com o aporte dessas verbas.

O Enade é uma das ferramentas de avaliação dos cursos superiores no sistema federal de educação superior. Ele é um componente da avaliação que sozinho corresponde a cerca de 55% do CPC – Conceito Preliminar de Curso – uma das modalidades de avaliação do SINAES. (São três modalidades: avaliações in loco, CPC e autovaliação institucional).

As instituições de ensino privadas e públicas federais estão compulsoriamente sujeitas ao SINAES e, portanto, ao ENADE e seus desdobramentos.

Diversos programas de fomento do Governo Federal (PROUNI, FIES, linhas de crédito para expansão institucional, etc.), destinadas às Instituições Privadas, para serem acessadas por essas, precisam de bons resultados nos ENADE e desdobramentos.

Nas instituições federais não é diferente. Os bons resultados obtidos no ENADE, refletem na média dos conceitos dos cursos, essa média tem grande representatividade no Conceito Institucional no SINAES (o, no caso da UFF, responde por cerca de 40% do IGC – Índice Geral de Cursos.) e o IGC representa hoje um acréscimo de até 20% no orçamento institucional.

Bons resultados no ENADE, tendem, portanto, a aumentar significativamente os recursos repassados pelo MEC para serem empregados em mais e melhores programas acadêmicos, mais e melhores moradias estudantis, mais e melhores restaurantes universitários e instalações físicas em geral.

Quanto maior os conceitos ENADE obtidos por cada curso, mais recursos a universidade federal obterá para garantir, oferecer e sustentar a qualidade dos serviços prestados à comunidade.