Exercícios para fazer em casa durante a pandemia: confira o vídeo tutorial e entenda por que praticar atividades físicas

Print Friendly, PDF & Email

Preparamos um vídeo demonstrando 4 exercícios físicos que você pode fazer em casa, sem a necessidade de muito espaço ou aparelhos. Clique aqui para acessar!


Por que fazer exercícios nesse momento de pandemia da COVID-19?

Nos últimos 50 anos é impressionante a quantidade de publicações científicas sérias, investigando algum aspecto do ser humano relacionado com a prática regular (ou não) de exercícios físicos. O que as evidências científicas mostram é que a prática regular de atividade física exerce uma grande influência positiva em todas as dimensões do ser humano, contribuindo para uma melhor saúde mental, física, psicológica, social e afetiva. Em um primeiro momento, essa informação parece exagerada ou supervalorizando um estilo de vida ativo. Mas a verdade é que os resultados obtidos através dos mais diversos modelos de pesquisa, só confirmam o fato de que o homem foi feito para se movimentar.

O que chama mais a atenção é que mesmo com os experimentos científicos cada vez mais sofisticados, e consequentemente mais sensíveis, os benefícios da atividade física continuam sendo confirmados cada vez mais. Tudo que pensávamos intuitivamente sobre os benefícios da prática de exercícios, atualmente está confirmado de forma irrefutável por dados científicos nas áreas da psicologia, neurologia, educação física, bioquímica e fisioterapia.

Todas as doenças degenerativas, sejam elas do sistema cardiovascular, nervoso, metabólico ou musculoesquelético, estão relacionadas com o sedentarismo. Diabetes, cardiopatias, hipertensão arterial, obesidade, Parkinson, Alzheimer e alguns transtornos como depressão, ansiedade, síndrome do pânico entre outros, estão relacionados com a inatividade física. O movimento é tão importante para o ser humano, que sua ausência prejudica nossos ossos, músculos, raciocínio, capacidade de aprendizagem, memória, metabolismo e funcionamento cardiovascular. Isso é fato sem contestação, mesmo para os sedentários mais convictos!

É importante ressaltar que se movimentar mais não significa obrigatoriamente se envolver em um programa de exercícios estruturado (apesar de as evidências mostrarem que os resultados são mais eficientes). Um estilo de vida ativo envolve usar o movimento como parte do cotidiano. Pode parecer batido, mas subir e descer escadas, andar a pé, carregar sacolas de compras, limpar o quintal ou praticar jardinagem, são exemplos de sugestões eficientes para se manter ativo.

O que as evidências após todos esses anos são unânimes em apontar é que quanto mais movimento melhor, preferencialmente todos os dias. Nesse momento de pandemia e distanciamento social, a inatividade física pode ser devastadora para a saúde.

A falta de atividade física aumenta as chances de acumular gordura corporal. Pouca aptidão física e maior percentual de gordura corporal diminuem a eficiência do sistema imune, o que particularmente deve ser evitado no momento atual. Porém, quando procurar informações sobre atividade física, busque sempre orientação de um professor de educação física, seja através de vídeos, blogs ou qualquer outra fonte de informação.

Você pode inserir algumas ações simples na sua rotina diária, que vão fazer uma grande diferença. Subir alguns lances de escada por dia, procurar levantar e dar uma volta na casa toda vez que permanecer 30 minutos sentado e diminuir os excessos alimentares são alguns exemplos.

Dessa forma você estará dando um grande passo para superar esse momento tão difícil pelo qual o mundo está passando, além de ter uma velhice mais feliz, sem desculpas.

Fonte: Prof. Dr. Paulo de Tarso Maciel Pinheiro - Instituto de Educação Física da UFF

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
21 2629-5275
Conteúdos relacionados
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.