Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

A série “Show das 4” apresenta a rainha do soul Sandra de Sá, no Teatro da UFF

Categoria: 
Onde: 
Centro de Artes UFF
Rua Miguel de Frias, 9
Icaraí
Niterói - RJ
Quando: 
qua, 06/09/2017 - 16:00
Descrição: 

Carioca de Pilares, Sandra de Sá tem fortes ligações com a música e a africanidade, praticamente desde o nascimento. Seu avô era natural de Cabo Verde, na África, e seu pai, baterista, era quem a levava a shows e bailes de gafieira, samba e soul, desde a adolescência, assim como à quadra da Escola de Samba Caprichosos de  Pilares.

Sandra aprendeu sozinha a tocar violão e começou a compor letras. Em pouco tempo, passou a ser considerada a rainha do soul brasileiro, sendo, às vezes, de Tim Maia de saias, por se identificar com o balanço e o timbre grave de voz do cantor. A partir dos anos 1980, torna-se uma das maiores cantoras de trilha e aberturas de novelas, emplacando sucessos como "Enredo do meu samba" e "Picadinho de macho", entre outras. Alguns hits de sua carreira são "Retratos e canções", "Joga fora no lixo", "Bye bye, tristeza", e "Solidão".

Nos anos 1990 gravou músicas junto com Djavan, Marina Lima, Titãs, Carlinhos Brown. Segundo Sandra, "nossa música é essencialmente preta (suingada / balançante), pois começa e termina no tambor, no suingue. Não há ritmo que cantemos ou toquemos aqui que não contenha um toque de brasilidade. Isto é a nossa pretitude. Até porque se é popular, é do nosso povo, que é altamente miscigenado”; para a cantora, MPB pode ser considerada "Música Preta Brasileira". 

Em 2001, fez um dos shows mais comentados do festival  Rock in Rio, pela sua participação na Tenda Brasil. O termo "Música Preta Brasileira" também deu nome ao projeto musical alternativo que desenvolveu de 2001 a 2005 ao lado de Toni Garrido e Zé Ricardo. Em 2002, gravou um álbum em homenagem à Motown (gravadora americana famosa pela  criação de um estilo de soul  bem característico, com o uso de instrumentos como pandeiro, baterias e instrumentos do rythym and blues).

Sandra também despontou como atriz no seriado "Antonia "veiculada a partir de novembro de 2006 pela Rede Globo. Nesse mesmo ano, participou do festival Rock in Rio Lisboa  e, durante a Copa do Mundo de 2006, em Berlim, Alemanha, ela não só deu canja com Ivete Sangalo, como fez show no "projeto Copa da Cultura", ao lado de Gilberto Gil.

Com muito swing e soul brasileiro da melhor qualidade, serão apresentadas músicas que se tornaram marca registrada da cantora, como Retratos e canções, Joga fora no lixo, de Paulo Massada e Michael Sullivan, Bye bye, tristeza (Marcos Valle e Carlos Colla), Demônio colorido (Macau), Olhos coloridos (Macau) e Solidão (Chico Roque e Carlos Colla), entre outros grandes sucessos. Não perca a oportunidade de desfrutar dessa voz singular que é um dos grandes ícones da música brasileira! 

06 de setembro de 2017, quarta, às 16h
344 lugares
Ingressos: R$60,00 (inteira); R$30,00 (meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos e servidores da UFF)
Duração - 80min
Indicação etária - Livre
Setor responsável: 
Mais informações
Estas são as informações de contato do setor da UFF responsável pelo evento:
Telefone de contato: 
3674-7512
Email institucional: 
faleconosco@centrodeartes.uff.br