Centro de Artes UFF abre duas exposições sobre o Brasil até 29/04

Print Friendly, PDF & Email
Categoria: 
Onde: 
Centro de Artes UFF
R. Miguel de Frias, 9
Icaraí
Niterói - RJ
Quando: 
ter, 17/04/2018 - 13:00 até seg, 30/04/2018 - 01:00
Descrição: 

Ambas exposições fazem parte do “Brasil: A Margem”

 

Devotos

Na confluência de várias efemérides - Dia do Índio, Descobrimento do Brasil, Tiradentes, São Jorge -, o Centro de Artes UFF propõe rever conceitos, usando a arte e a cultura como ferramentas de reflexão, no projeto “Brasil: A Margem”, entre os dias 17 e 25 de abril. Uma semana inteira repleta de eventos: debates, filmes, exposições, sarau, uma feira alternativa, concertos e shows de música popular. Com essa programação, o projeto aponta para o reconhecimento e a afirmação das margens de um Brasil efervescente e que carece se conhecer melhor.

Devotos - Registro de fé e religiosidade na cidade de Niterói, a mostra Devotos faz uma seleção de imagens fotográficas da procissão em devoção a São Jorge, partindo da Igreja de São Jorge e passando pela igreja de Nossa Senhora da Conceição, ambas no Centro da cidade de Niterói. A exposição é composta de fotos de Robson Leitão, atual diretor do Teatro da UFF e, de Paulo Duque Estrada, fotógrafo falecido em 2013 que dá nome ao espaço de fotografia do Centro de Artes UFF.

Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada

 

Terra Brasilis: o agro não é pop!

Na confluência de várias efemérides - Dia do Índio, Descobrimento do Brasil, Tiradentes, São Jorge -, o Centro de Artes UFF propõe rever conceitos, usando a arte e a cultura como ferramentas de reflexão, no projeto “Brasil: A Margem”, entre os dias 17 e 25 de abril. Uma semana inteira repleta de eventos: sarau, debates, filmes, exposições, uma feira alternativa, concertos e shows de música popular. Com essa programação, o projeto aponta para o reconhecimento e a afirmação das margens de um Brasil efervescente e que carece se conhecer melhor.

Exposição de pinturas acrílicas sobre tecidos do artista plástico Denilson Baniwa que promove, através de sua arte, uma crítica contundente ao crescimento vertiginoso do chamado “agronegócio”, ao mesmo tempo em que celebra o papel daqueles que, em seu entender, são os únicos que resistem à sua expansão: nossos povos originários; nações e atores indígenas que não estão esquecidos em um passado idílico, mas inseridos no mundo contemporâneo e se valendo das estratégias de luta que estão colocadas ao seu alcance.

Curadoria Wallace de Deus e Pedro Gradella.

Galeria de Arte UFF Leuna Guimarães dos Santos

 

Inauguração 17 de abril | 19h às 21h
Visitação até 29 de abril de 2018
Entrada Franca
Domingo a 6ª feira, das 10h às 22h
Sábados das 13h às 22h

Setor responsável: 
Mais informações
Estas são as informações de contato do setor da UFF responsável pelo evento:
Telefone de contato: 
(21) 3674-7512
Email institucional: 
faleconosco@centrodeartes.uff.br
Tags (palavras-chave):