Eu sou: Técnico | Docente | Estudante | Bandeira da inglaterra

Niterói

Notícias e Informes recentes

Iniciação Científica: UFF recebe talentos do ensino médio de Niterói

Alunos do ensino médio criam aplicativo inovador. - Foto: Divulgação

No intuito de levar conhecimento aos jovens com poucas oportunidades de acesso à ciência e às novas tecnologias, o curso de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares da UFF, através da determinação dos professores e da universidade, se abre para receber alunos do ensino médio do Colégio Estadual Guilherme Briggs, de Niterói.

UFF intensifica atendimento contra HIV em Niterói

O SAE organiza as ações de Aids no Huap.

No mês de comemorações ao 1º de dezembro - Dia Mundial de Luta contra a Aids - dados do Ministério da Saúde (MS), referentes ao período de 1980 a junho de 2015, mostram que o Brasil registrou 798.366 casos de Aids nos últimos 35 anos. Atualmente, estima-se que sejam 734 mil pessoas vivendo com HIV e demais enfermidades decorrentes da doença e 150 mil não sabem que estão com o vírus. No pico da epidemia, em 1995, o país teve cerca de 15 mil óbitos, contra 12.449 em 2014. O número caiu, a epidemia se tornou mais silenciosa, mas continua matando.

UFF inaugura espaço voltado para a qualidade de vida do estudante

Alunos de graduação da UFF ganham Centro de Suporte Acadêmico

A atenção constante ao bem-estar de sua comunidade estudantil levou a UFF, através da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), a criar o Centro de Suporte Acadêmico (CSA). Todas as ações voltadas para a qualidade de vida dos graduandos desenvolvidas na universidade serão concentradas num único espaço físico, instalado no campus do Gragoatá, já no próximo semestre.

Projeto Barco Escola incentiva ingresso de alunos da rede pública nas universidades

Teoria e prática em projeto Barco Escola da UFF

Promover educação de qualidade e gerar energia sustentável são tarefas complexas e aparentemente distintas, mas o Projeto Barco Escola, desenvolvido pela Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente consegue integrá-las com sucesso. Esta é mais uma iniciativa da UFF que foca no ensino e no desenvolvimento tecnológico e científico e reflete a busca por soluções que beneficiem diretamente a sociedade.

Direitos humanos: UFF revalida diploma de engenheiro refugiado

Anas Abdulrjab se formou em Engenharia de Telecomunicações na Líbia

Há 69 anos, no dia 10 de dezembro, era adotada e proclamada a Declaração Universal dos Direitos Humanos pela Assembleia Geral das Nações Unidas, por meio  da resolução 217 A III, que estabeleceu a proteção universal a todos os cidadãos do mundo. No próximo domingo, quando será comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos, o sírio Anas Abdulrjab poderá celebrar duplamente, por ter encontrado no Brasil o acolhimento necessário para se refugiar e fixar residência e também pela conquista da revalidação do seu diploma de engenheiro pela UFF.

Mobilidade urbana: projetos da UFF incentivam uso de bicicleta em Niterói

Em todo o mundo o uso da bicicleta como meio de transporte tem sido cada vez mais difundido, não só para lazer, mas também para as atividades cotidianas. No Brasil, entretanto, o planejamento das cidades ainda prioriza os transportes motorizados, causando problemas urbanos como engarrafamentos, poluição e economia. Por considerar urgente que a mobilidade seja repensada pela sociedade, a UFF incentiva ações de sustentabilidade através de diversos projetos na área.

Chegou o aplicativo ClubUFF de Descontos

Aplicativo ClubUFF de Descontos

A Universidade Federal Fluminense lança o ClubUFF de Descontos. Um aplicativo que oferece descontos aos quase 60 mil usuários da nossa Carteirinha Inteligente UFF. São estudantes, técnicos administrativos e servidores públicos federais que terão acesso a uma ampla rede de vantagens na palma da mão.

UFF atua com jovens do Preventório na prevenção ao uso de drogas

UFF focada na prevenção

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE (https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv97870.pdf) de 2016, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aumentou o número de estudantes do ensino fundamental, entre 13 e 15 anos, que já usaram algum tipo de droga. O consumo de drogas lícitas, como álcool e cigarro, subiu de 50,3%, em 2012, para 55,5% em 2015.

Páginas