Eu sou: Técnico | Docente | Estudante | Bandeira da inglaterra

Campanha arrecada 200 doações de cabelo para mulheres com câncer

A campanha “Amor em cada Fio” realizada no dia (21), no Huap reuniu muitas pessoas que quiseram contribuir com o objetivo que era arrecadar as mechas de cabelo para a confecção de perucas para mulheres que passam por tratamento quimioterápico. A ação organizada pela Liga Acadêmica de Medicina da UFF e Trote Cultural em parceria com a Associação de Amigos da Mama (Adama) conseguiu arrecadar 200 mechas de cabelo.

Depois de preencher uma ficha autorizando a doação de cabelo os voluntários faziam o corte, pela equipe de profissionais do Espaço Juliana Paes. Mariana Paes, coordenadora da rede de salões, ficou muito feliz em participar da campanha. “Estamos muito satisfeitos de participar desse projeto social em meio a toda a violência que o nosso país está vivendo. Poder ajudar essas mulheres a levantar sua autoestima é algo muito gratificante. Tomou uma proporção maior do que a gente esperava”, afirma.

Alunos de diversos cursos participaram da campanha. O estudante de engenharia de telecomunicações Rafael Barros, acha que se pintar faz parte do trote, mas que essa iniciativa de poder ajudar o próximo também é muito importante “Eu já tinha uma amiga que fazia esse tipo de doação, mas eu ainda não tinha tido oportunidade. Hoje depois de deixar meu cabelo crescer por dois anos, decidi fazer a doação”.

Moradora de Magé, A administradora Monica Tavares, veio acompanhada do filho e do sobrinho para fazer a doação. “Eu soube da campanha pelas redes sociais, trouxe um cabelo que eu já tinha cortado e vou cortar mais um pedaço hoje. Meu filho que não tem o tamanho de cabelo suficiente para a doação trouxe leite em pó. Incentivo ele desde pequeno a participar dessas ações”.

Maria Eduarda Carvalho, residente de farmácia também doou o cabelo duas vezes. “Eu sempre tenho a vontade de cortar o cabelo, mas não em vão. Como surgiu a campanha eu trouxe um pedaço que já tinha em casa e também vou cortar aqui”.

Camilla Figueiroa, aluna de medicina e uma das organizadoras do evento estava empolgada com o alcance da campanha. “O trote cultural conscientiza os alunos desde o início da faculdade a ajudar o próximo. Estamos muito felizes e emocionados com a repercussão e envolvimento da comunidade acadêmica e de toda a população, e pretendemos dar continuidade Essa foi só a 1ª edição”, acrescentou.

A ação também recebeu doações de leite em pó e suplementos que foram encaminhados à Comissão de Aids através da Associação de Colaboradores do Hospital Universitário Antonio Pedro ( Achuap )  e à Unidade de Atendimento Oncológico do Huap. Durante o evento foram feitas orientações sobre "Prevenção e cuidados na saúde da mulher".

Projeto trote cultural

O Projeto Trote Cultural UFF foi criado há 17 anos na Universidade Federal Fluminense com a finalidade de receber os novos universitários com atividades socioculturais. Implantado em 2001 com a proposta de se tornar uma alternativa ao trote tradicional, o projeto incentiva o respeito à vida, à pessoa e ao meio ambiente. O trabalho conta com a participação de veteranos e dos calouros que ingressam nos diversos cursos de graduação. As atividades são propostas pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) e pelos Diretórios Acadêmicos (DAs) e realizadas no início de cada período letivo.

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
2126299454
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.