Marco Aurélio Ferreira

Você sabe como é o dia a dia de um médico veterinário? Ao contrário do que algumas pessoas tendem a imaginar, sua função vai muito além de tratar da saúde de nossos animais de estimação. Esses profissionais atuam em diversas áreas, podendo trabalhar na saúde pública, com pesquisas científicas e até em segmentos voltados para a tecnologia. É isso que o evento “Ações de Extensão de Medicina Veterinária” pretende mostrar para a sociedade no próximo sábado, 28 de setembro.

A UFF, através da Superintendência de Relações Internacionais (SRI), reuniu, entre 29 de julho e 9 de agosto, alunos de sete países diferentes na primeira edição do Brazil: Life and Culture, curso de férias oferecido para seus estudantes estrangeiros e que tem como principal objetivo ensinar não só o ensino da língua brasileira como promover a cultura nacional, nos seus mais diferentes aspectos.

Você já ouviu falar em foguetemodelismo? Desde junho de 2018, a UFF conta com uma equipe de alunos de diversos cursos que projeta e fabrica foguetes - desde a construção do esqueleto externo até a fabricação do combustível.

Uma equipe de alunos de Engenharia de Produção da UFF de Petrópolis recebeu mais uma premiação internacional para a universidade com um projeto sobre aprimoramento de descartes e redução de desperdício pensado para uma empresa na área de soldagem. Os graduandos de Engenharia de Produção alcançaram a terceira colocação na categoria de estudantes em um congresso voltado para a inovação na área de aprendizagem ativa em Engenharia, conhecido como PAEE/ALE, que foi realizado na Tunísia no mês de junho.

Uma equipe formada por cinco alunos da UFF, dos cursos de Geofísica e Engenharia de Petróleo, representará a universidade em Londres na final da primeira edição do “Minus Co2 Challenge”. A disputa, que será realizada em junho, é dividida em três fases, e segundo a integrante Paula Camargos, tem como objetivo principal “desenvolver um campo de petróleo com zero emissão de CO2”. O local usado como referência para realização das pesquisas foi um campo produtor de petróleo localizado em Norne, na Noruega.

 A instalação do porto e terminal petroquímico em Ponta Negra, no Estado do Rio de Janeiro, traz preocupações a respeito de possíveis desastres ambientais à região de Maricá. A obra, que no momento encontra-se embargada, foi objeto de estudo do mestrando em Defesa e Segurança Civil da UFF, José Maria de Castro Júnior e a doutoranda Marina Aires, do Programa de Pós-Graduação em Geografia, que desenvolvem suas pesquisas com o objetivo de avaliar as consequências negativas da construção para o meio ambiente e para a população.

Word DocumentXLSCSV
Subscrever Marco Aurélio Ferreira