Assessoria de Imprensa SCS

O vice-reitor da UFF, Antonio Claudio da Nóbrega, e o prefeito de Macaé, Aluízio dos Santos Junior, fecharam os detalhes da parceria para a construção da sede da UFF no município. O prédio, que abrigará o Instituto de Ciências da Sociedade, terá três pavimentos e 4.500 m² de área construída com espaço para 40 ambientes, entre salas de aula, gabinetes, laboratórios, secretarias e um auditório para 200 pessoas.

A UFF e a concessionária de energia Enel fecharam um acordo para a energização dos novos prédios do Instituto Biomédico, localizado em Niterói, e do Serviço de Psicologia Aplicada, em Campos, além da volta do fornecimento da energia da reitoria. Foi anunciada também uma parceria entre a universidade e a concessionária em projetos que visam à eficiência energética. “Nada melhor do que começar o ano de 2018 com o funcionamento do nosso novo Instituto Biomédico, inaugurado em 2014, mas que não estava operando porque faltava energizar o prédio.

Cumprindo nosso papel de gestores das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), manifestamos publicamente nosso apoio e solidariedade à Universidade Federal Fluminense (UFF) pelo desligamento abrupto, feito pela Enel, da energia do seu prédio de administração central. Com consternação e preocupação, recebemos a informação da interrupção do fornecimento de serviços básicos da universidade, ato descompromissado que atinge mais de 60 mil pessoas.

No intuito de levar conhecimento aos jovens com poucas oportunidades de acesso à ciência e às novas tecnologias, o curso de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares da UFF, através da determinação dos professores e da universidade, se abre para receber alunos do ensino médio do Colégio Estadual Guilherme Briggs, de Niterói.

O reitor da UFF, Sidney Mello, se reuniu em Brasília, na última segunda-feira, 13 de novembro, com o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), Paulo Barone, para negociar a liberação de verbas para a conclusão do projeto executivo do Cine Icaraí e das obras do Instituto de Química.

Para a reabertura do Cine Icaraí, fechado desde 2006, o MEC liberou R$ 1 milhão. O recurso contribuirá para transformação do espaço em um centro cultural e sede da Orquestra Sinfônica Nacional e da Companhia de Ballet de Niterói.

A UFF inaugurou na última quinta-feira, dia 26 de outubro, o Laboratório Associado de Pesquisa Clínica em Odontologia para atendimento gratuito à população. O setor desenvolverá estudos em humanos abrangendo biologia molecular, histoquímica, imuno-histoquímica, tomografia nas especialidades de Cirurgia, implantodontia, Periodontia e Patologia da Odontologia.

O Sistema de Saúde Holográfica, desenvolvido por pesquisadores da UFF, levará acompanhamento médico virtual para locais distantes e de difícil acesso. Através do Projeto Telessaúde da UFF, moradores do interior do Acre, Amazonas e Pará, por exemplo, poderão receber atendimento clínico ágil e de qualidade. A iniciativa, que visa contribuir para a saúde e bem-estar da população, é uma parceria com o Exército e a Marinha do Brasil e conta com suporte financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Os professores e alunos da Faculdade de Odontologia da UFF, em parceria com o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), desenvolveram um biomaterial capaz de substituir os ossos da arcada dentária. O “osso sintético” beneficiará principalmente as pessoas com doenças ósseas (tumores e cistos), quem teve perda em função da idade (atrofias) e as vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana, atingidas por arma de fogo na face.

Subscrever Assessoria de Imprensa SCS