Artes Visuais - Centro de Artes UFF

Subscrever feed Artes Visuais - Centro de Artes UFF
Portal do Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense
Atualizado: 1 hora 29 minutos atrás

Cartografias: outros olhares

qua, 31/07/2019 - 16:51

Exposição de imagens fotografadas por alunos do CAEP Escola Especial Favo de Mel, em visita ao Forte de Copacabana, resultante do projeto de extensão e pesquisa Turismo, Hospitalidade e Inclusão” realizado pela Faculdade de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense (UFF), que visa a inclusão social de pessoas com deficiência intelectual em visitas a atrativos turísticos da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Categorias: Centro de Artes UFF

Agarrar-se a pedras afiadas

sex, 19/07/2019 - 11:27

“Agarrar-se a pedras afiadas” é a primeira exposição individual de Nathan Braga. O artista do Rio de Janeiro trabalha com múltiplas plataformas, mas tem o pensamento escultórico como ponto de partida para a concepção da maior parte dos trabalhos, uma vez que a relação com o espaço é muito importante para grande parte das suas obras. Doze peças compõem esta exposição, de forma a mostrar um recorte da produção e poética do artista, que investiga a morte enquanto uma alegoria, partindo da História da Arte e atualizando plasticamente a Vanitas e seus motivos, à partir de sua história pessoal com a perda de sua mãe quando tinha apenas 7 anos. Dentre as obras expostas, existem esculturas, pinturas, gravuras, fotografias, instalações, objetos e trabalhos sonoros, mas o diálogo entre essas mídias, borrando as fronteiras que definem cada uma delas, é uma característica do modo de trabalho do artista. As obras em exposição indicam caminhos seguidos pelo artista em sua investigação poética, exibindo de forma clara a variedade de sua produção. Ao tratar da morte, o artista faz com que cada um de nós se coloque em seu lugar, pensando a nossa própria relação diante da morte ou das perdas, nos lembrando que a vida tem um fim e que devemos viver.

07 de agosto a 08 de setembro de 2019
Galeria de Arte UFF
Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF

DESENHO-CAMINHO

ter, 16/07/2019 - 16:08

Desenho-caminho é a primeira individual da artista Fernanda Andrade, com curadoria de André Vechi. O título da exposição é mesmo o da instalação que ocupa a sala com desenhos de trajetos feitos pela artista na cidade, e seus desdobramentos. Esses caminhos são re-escritos em linhas sinuosas no papel jornal, cujo formato A4 enquadra estes registros de fluxo, ao mesmo tempo que demarca seu entorno: todas as linhas se apresentam como grifos e sustentam o suporte como mais uma camada de desenho, capaz de orientar e desorientar a circulação no espaço. Assim, marcas em papel são suspensas por linhas de madeira, corda e aço, matérias tencionadas pelo contato com a força gravitacional, entrelaçando circuitos que provocam os ângulos retos e a estabilidade do pensamento cartesiano. Assumir a fragilidade da leveza e o desconforto do desequilíbrio é articular um espaço de vicissitude e sutil conflito, respiro necessário para tempos de crescente cerceamento de dissidências e divergências. Fernanda Andrade nasceu em Salvador e mora no Rio de Janeiro. É bacharel em Pintura pela Escola de Belas Artes da UFRJ e atualmente é bolsista no programa de formação Resistência e Emergência da EAV Parque Lage. Integrou diversas coletivas, dentre as quais Abre Alas 15 com curadoria de OPAVIVARÁ!, Renato Silva e astro vivid focus na galeria A Gentil Carioca, DISSECADA com curadoria de Keyna Eleison na Galeria Marquês 456; Pela Estrada e Fora-Arte Londrina 5 com curadoria de Ricardo Basbaum e Danillo Villa na Galeria da Universidade Estadual de Londrina e Depois do Futuro com curadoria de Daniela Labra nas Cavalariças do Parque Lage.

07 de agosto a 08 de setembro de 2019
Galeria de Arte UFF
Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF

Galáxias

sex, 31/05/2019 - 13:15

A exposição é uma mostra da diversidade de pensamento, poéticas artísticas, modos de existência e da sensibilidade a questões da contemporaneidade que permeiam  a produção de alunos e ex-alunos do Curso de Artes e da Pós-Graduação Estudos Contemporâneos das Artes da UFF. Além da ocupação da Galeria e da Sala de Fotografia, Galáxias apresentará uma série de eventos paralelos, como performances, ações artísticas  fóruns e aulas públicas, abertas ao longo do período da exposição. Galáxias é um projeto de exposição experimental com equipe curatorial compartilhada entre alunos e professores. 

Galeria de Arte UFF
12 a 30 de junho de 2019
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF

Resistência!

qui, 02/05/2019 - 12:12

De Sallisa Rosa

O facão é popularmente um símbolo de resistência, mas também de sobrevivência, porém pode ser usado para ferir, mas também para abrir caminho nas matas, é muito utilizado para trabalhos rurais e colheitas, é um tipo de utensílio dos mais antigos que existem. Inspirada na indígena Tuíra Kayapó que em 1989 colocou um facão no rosto do presidente da Eletronorte como ato contra o impacto ambiental da construção da usina de Belo Monte no Pará, recorro a diversos outros facões que são utilizados por pessoas que conheço para marcar a cidade e que acredito que, de alguma maneira são capazes de afetar a ordem pública em diversos sentidos.

24 de abril a 26 de maio de 2019
Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada
Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF

Tka dahêmba / corpo terra

qui, 02/05/2019 - 12:03

De Edgar Kanaykõ Xakriabá

Propõe-se através destas fotografias, dar visibilidade a uma parte dos modos em que o corpo (de) compõe à terra, a partir do território em que que se vive, tornando-o uma mesma identidade – através da luta corporal, dos gestos, afetos, transformando-se no próprio território. Estas fotografias foram captadas durante o Uî kanã pataxi (festa das águas) do Povo Pataxó, Carmésia / MG.

Edgar Kanaykõ Xakriabá pertence ao povo indígena Xakriabá Estado de Minas Gerais. É mestrando em Antropologia pela UFMG. Tem atuação livre na área de Etnofotografia: “um meio de registrar aspecto da cultura – a vida de um povo”. Nas lentes dele, a fotografia torna-se uma nova “ferramenta” de luta, possibilitando ao “outro” ver com outro olhar aquilo que um povo indígena é.

24 de abril a 26 de maio de 2019
Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada
Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF

Reantropofagia

qui, 02/05/2019 - 12:00

O que pode a arte quando a sociedade é levada ao limite? Quais as potências nas formas expressivas dos povos ameríndios que vem sendo invisibilizadas e colocadas à margem tanto social, quanto esteticamente? Artistas indígenas a partir de seu referencial ancestral e do seu contexto de luta, antropofagizam a arte contemporânea ocidental, a arte digital e a arte de rua colocando em questão as linguagens artísticas clássicas e o próprio conceito de contemporâneo historicamente determinado por critérios da sociedade não indígena.
Coletiva de artistas contemporâneos indígenas brasileiros como: Jaider Esbell, Daiara Tukano, Sueli Maxakali, Nei Xakiabá, Coletivo Mahku Huni Kuin, Renata Machado e Naná Kaigang .
Curadoria: Denilson Baniwa e Pedro Gradella

24 de abril a 26 de maio
Galeria de Arte UFF Leuna Guimarães dos Santos
Rua Miguel de Frias,9 – Icaraí, Niterói
Segunda a Sexta, das 10h às 22h
Sábados e Domingos das 13h às 22h
Entrada Franca

Categorias: Centro de Artes UFF