Cinema na UFF - Centro de Artes UFF

Subscrever feed Cinema na UFF - Centro de Artes UFF
Portal do Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense
Atualizado: 5 horas 49 minutos atrás

BIXA TRAVESTY

seg, 09/12/2019 - 17:54

Brasil, 2019, 75’, 14 anos
De Kiko Goifman e Claudia Priscilla

O corpo político de Linn da Quebrada, cantora transexual negra, é a força motriz desse documentário que captura a sua esfera pública e privada, ambas marcadas não só por sua presença de palco inusitada, mas também por sua incessante luta pela desconstrução de estereótipos de gênero, classe e raça. Melhor Documentário no Festival de Cinema de Madrid 2018, no Festival Internacional de Cinema Lésbico e Gay de Milão 2018 e no Festival de Merlinka, Prêmio do Júri no Festival de cinema Inside Out Toronto LGBT 2018 e Índia Catalina de Ouro de Melhor Diretor de Documentário no Festival de Cinema de Cartagena 2018.

Categorias: Centro de Artes UFF

A VIDA INVISÍVEL

seg, 09/12/2019 - 17:50

Brasil, 2019, 139’, 16 anos
De Karim Aïnouz
Com Carol Duarte, Julia Stockler, Gregório Duvivier, Bárbara Santos, Fernanda Montenegro

Rio de Janeiro, década de 1940. Eurídice é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida é sua irmã mais velha e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor com Antenor. Prêmio de Melhor Filme da mostra Um Certo Olhar no Festival de Cannes e filme indicado pelo Brasil a uma vaga ao Oscar de Filme Internacional.

Categorias: Centro de Artes UFF

O MUNDO PERDIDO

seg, 09/12/2019 - 17:31

The lost world, EUA, 1925, 105’, Livre
De Harry O. Hoyt
Com Wallace Beery, Bessie Love, Lloyd Hughes

O Professor Challenger lidera um grupo de exploradores britânicos rumo à América do Sul para provar ao mundo civilizado que existe uma terra onde habitam criaturas pré-históricas. O que os exploradores encontram é justamente isso: um planalto amazônico habitado por todos os tipos de dinossauros.

Categorias: Centro de Artes UFF

DOIS PAPAS

seg, 02/12/2019 - 18:20

The two Popes, Reino Unido/Ita/Arg/EUA, 2019, 125’, 12 anos
De Fernando Meirelles
Com Anthony Hopkins, Jonathan Pryce, Juan Minujin

Buenos Aires, 2012. O cardeal argentino Jorge Bergoglio (futuro papa Francisco) está decidido a pedir sua aposentadoria devido a divergências sobre a forma como o papa Bento XVI tem conduzido a Igreja. Com a passagem já comprada para Roma, ele é surpreendido com o convite do próprio papa para visitá-lo. Ao chegar, eles iniciam uma longa conversa onde debatem não só os rumos do catolicismo, mas também afeições e peculiaridades da personalidade de cada um. Roteirista do Ano no Hollywood Film Awards 2019. Filme, direção, roteiro e atuações vêm sendo apontados em várias listas como prováveis indicações ao Oscar.

Categorias: Centro de Artes UFF

PARASITA

seg, 02/12/2019 - 18:10

Gisaengchung, Coreia do Sul, 2019, 132’, 16 anos
De Joon-ho Bong
Com Kang-Ho Song, Woo-sik Choi, Park So-Dam

Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente de Ki-taek comece a dar aulas de inglês a uma garota de uma família rica. A partir do momento em que a trajetória das duas famílias se cruza, vamos nos surpreendendo com uma trama de golpes, segredos e conflitos de classes. Palma de Ouro no Festival de Cannes 2019, Melhor Filme no Festival de Sidney 2019 e Prêmio do Público na Mostra de São Paulo 2019, Parasita já é o grande favorito ao Oscar 2020 de Filme Internacional.

Categorias: Centro de Artes UFF

DIZ A ELA QUE ME VIU CHORAR

seg, 02/12/2019 - 18:01

Brasil, 2019, 83’, 16 anos
De Maíra Bühler

Por mais que suas trajetórias possam ter sido diferentes, o destino de todos eles, até então, é o mesmo: ser refém do próprio vício. Habitando um prédio localizado em São Paulo, um grupo de viciados em crack luta para reconstruir a própria vida enquanto passa pela difícil fase da desintoxicação. Enquanto alguns encaram a situação com bom humor e otimismo, outros já viram dias melhores. Prêmio da Crítica no Festival de Cinema do Uruguai 2019.

Categorias: Centro de Artes UFF

AINDA TEMOS A IMENSIDÃO DA NOITE

seg, 02/12/2019 - 17:57

Brasil/Alemanha, 2019, 98’, 16 anos
De Gustavo Galvão
Com Ayla Gresta, Gustavo Halfeld, Steven Lange

Cansada de lutar por um lugar ao sol com sua aguerrida banda de rock, onde é vocalista e trompetista, Karen decide ir embora de Brasília. Ela segue os passos do ex-parceiro de banda Artur, que tenta a sorte em Berlim. O convite parte de Martin, amigo alemão com quem fecham um triângulo imprevisível.

Categorias: Centro de Artes UFF

TETÊ MATTOS: CINEASTA DE NITERÓI

seg, 02/12/2019 - 17:37

A história do cinema produzido e exibido em Niterói nas últimas décadas se confunde com a trajetória de Tetê Mattos. Cineasta que muitas vezes trata da cidade em seus filmes, produtora do saudoso Araribóia Cine e professora do curso de Produção Cultural da UFF, Tetê é a homenageada da última sessão do ano do Cineclube Quase Catálogo.

A MALDITA
Brasil, 2007, 20’, 35mm
De Tetê Mattos

Em 1982 entra no ar, em Niterói, a Rádio Fluminense FM, a Maldita, que com irreverência, ousadia e criatividade, rompe com os padronizados mercados de música estrangeira e dá início a chamada geração Rock 80. Prêmio de Melhor Filme pelo voto popular no Festival do Rio 2007.

ERA ARARIBÓIA UM ASTRONAUTA?
Brasil, 1998, 27’
De Tetê Mattos

Em outubro de 1993, a cidade de Niterói foi parar nas manchetes dos principais jornais do país devido ao aparecimento de misteriosos círculos concêntricos nas areias da praia de Icaraí. Atribuídas a supostos discos-voadores, as estranhas marcas tornaram-se objeto de divertida polêmica. Que marcas seriam aquelas? Quem poderia tê-las realizado? Premiado no XXXI Festival Brasileiro de Cinema de Brasília e no III Festival de Recife.

FANTASIAS DE PAPEL
Brasil, 2015, 15’
De Tetê Mattos

Há mais de 25 anos no Brasil, a fotonovela representou um mercado cativo para milhões de leitores, que teve o seu apogeu nos anos 50, 60 e 70. Através de depoimentos de atores, produtores e teóricos, o curta revela a aventura de produção das fotonovelas brasileiras, que se tornaram verdadeiras fantasias de papel. Prêmio de Melhor Roteiro no RECINE 2015.

Categorias: Centro de Artes UFF

ASPIRANTES

seg, 25/11/2019 - 16:12

Brasil, 2015, 75’, 14 anos
De Ives Rosenfeld
Com Ariclenes Barroso, Sérgio Malheiros, Julio Adrião, Karine Telles, Julia Bernat

Junior é um jovem jogador de futebol de um pequeno time da cidade de Saquarema. Inesperadamente, ele e sua namorada descobrem que vão ter um filho, ao mesmo tempo em que seu melhor amigo está prestes a ser chamado para jogar em um time profissional. Entre o amor, a lealdade e a inveja, Junior começa a viver grandes conflitos. Prêmio Carte Blanche no Festival de Cinema de Locarno 2014, Melhor Diretor, Ator e Atriz no Festival do Rio 2015, Melhor Filme na 39° Mostra Internacional de São Paulo e Melhor Roteiro e Montagem no 7° Festival Internacional da Fronteira.

Categorias: Centro de Artes UFF

12a MOSTRA UFFILME

seg, 18/11/2019 - 17:18

A mostra reúne a produção mais recente dos alunos do curso de Cinema da UFF.

Dia 22, sexta, 20h, 84’

MYSHA
Brasil, 2019, 6’/ De Costantin de Tugny

Ó MAR SALGADO
Brasil, 2019, 3’/ De Thales Ferreira

ABSTRAÇÃO/TRAVELLING/PAISAGEM
Brasil, 2019, 7’/ De Matheus Zenom

95 PISCADAS POR MINUTO
Brasil, 2019, 4’ / De Clara Chroma

UM ESTRANHO NO ESCURO
Brasil, 2019, 15’/ De Matheus Albano

PEIXE
Brasil, 2019, 10’/ De Kimberly Palermo e Georgia Curty

ABATE
Brasil, 2019, 15’ / De Lucas Vinzón

REMINISCÊNCIA
Brasil, 2019, 24’/ De Lais Pêgas

Dia 23, sábado, 20h, 114’

QUEDA D`ÁGUA
Brasil, 2019, 23’/ De Lucas J. Badini

A NEBLINA E SEUS HABITANTES
Brasil, 2019, 40’/ De Paula Mermelstein

O NASCIMENTO DA PEDRA
BrasIl, 2019, 47’’ / De Paula Mermelstein

SONHO
Brasil, 2019, 2’ / De Matheus Zenom

FOTO NARRADA
Brasil, 2019, 5’ / De Mariana Fontes

PRAIA DO FLAMENGO
Brasil, 2019, 1’ / De Vinícius Neris

PASSE E FIQUE
Brasil, 2019, 6’ / De Bruno Soldani

UM PUNHADO DE FOTOS POR CINCO REAIS
Brasil, 2019, 5’ / De Matheus Albano

MAIS NOITE QUE A NOITE
Brasil, 2019, 11’ / De Maria Luisa Galvão

UMA VIDA EM CORDEL
Brasil, 2019, 21’ / De Bruno Rafael e Rosemery Nunes

Dia 24, domingo, 20h, 99’

O PINGUIM
Brasil, 2019, 3’ / De Vitor Neves Martins

NOITES QUE NÃO LEMBRO, PESSOAS QUE NÃO ESQUEÇO
Brasil, 2019, 11’ / De Matheus Hoffman

ROLÊ NO CENTRO
Brasil, 2019, 14’ / De Clara Chroma

OCUPA SACRAMENTO
Brasil, 2019, 9’ / De Coletivo Jovens Comunicadores

A MULHER DE ARGILA
Brasil, 2019, 19’ / De Paula Mermelstein

CARNE DE PORCO
Brasil, 2019, 20’ / De Lucas Tunes

ESTRANHOS DE VERMELHO
Brasil, 2019, 23’ / De Alexandre Fernandes Roman Bispo

Dia 25, segunda, 20h, 81’

CABUM: UMA EXPLOSÃO EM MINHA VIDA
Brasil, 2019, 25’ / De Pedro de Chirico

DEIXE O SOL
Brasil, 2019, 13’ / De Murilo Simões

CARTÃO-POSTAL (PARA ANA PAULA)
Brasil, 2019, 3’ / De Matheus Zenom

SOBREVIVÊNCIA BRUTAL
Brasil, 2019, 2’ / De Sofia Armony

A CULPA É DO BOLINHO: UMA ODISSÉIA NA ANTÁRTICA
Brasil, 2019, 10’

EDUCA$ÃO TÓXICA
Brasil, 2019, 1’ / De Bruna Massa

LABIRINTA
Brasil, 2019, 27’ / De Isadora Lobo

Dia 26, terça, 20h, 84’

VÓ, A SENHORA É LÉSBICA?
Brasil, 2019, 17’ / De Bruna Fonseca

CURTO-CIRCUITO
Brasil, 2019, 5’ / De Thales Ferreira

SERRA DA ESTRELA
Brasil, 2019 12’ / De Matheus Zenom

DEBUTANTE
Brasil, 2019, 18’ / De M. F. Primo & Jason Richardson

BEBA COMO UMA MULHER
Brasil, 2019, 3’

UM MINUTO PARA UMA IMAGEM
Brasil, 2019, 1’ / De Mariana Balster

SEM TÍTULO
Brasil, 2019, 10’ / De Residência estudantil do 4º Festival de Cinema do BRICS

A GENTE FINGE QUE NÃO DÓI MAIS
Brasil, 2019, 18’ / De Yuri Lasmar e Eduardo Cardoso

Dia 27, quarta, 20h, 82’

AINDA AGORA
Brasil, 2019, 13’ / De Lucas Chaparro e Diego Príncipe

(D)EFICIÊNCIA
Brasil, 2019, 2’ / De Lucas Mansur

CAIXA-PRETA
Brasil, 2019, 9’ / De Nina Tauile

VELAS PEQUENAS
Brasil, 2019, 5’ / De Lucas Couto

SIERRA NEVADA
Brasil, 2019, 4’ / De Matheus Zenom

24 – 9 – 18
Brasil, 2019, 1’ / De De Matheus Zenom

5 – 9 – 19
Brasil, 2019, 1’ / De De Matheus Zenom

BOROS
Brasil, 2019, 6’ / De João Victor Gonzalez e Luca Fabião

“ERSATZ”
Brasil, 2019, 7’ / De Matheus Zenom

INTIMIDADE DE UM QUARTO DE HOTEL
Brasil, 2019, 1’ / De Matheus Zenom

NELSON
Brasil, 2019, 12’ / De Matheus Strelow

SÉTIMO DIA
Brasil, 2019, 21’ / De Luiz Ulian e Edmo Cabral

Categorias: Centro de Artes UFF

ADAM

seg, 18/11/2019 - 17:08

Adam, Marrocos/Fra/Bel, 2019, 98’, 12 anos
De Maryam Touzani
Com Lubna Azabal, Nisrin Erradi, Douae Belkhaouda

A viúva Abla dirige uma modesta padaria em sua casa em Casablanca, onde vive com sua filha de oito anos Warda. Sua rotina é interrompida pela chegada de Samia, uma jovem grávida procurando por emprego e moradia. Abla não imaginava que ao deixá-la entrar sua vida mudaria para sempre. Indicado pelo Marrocos à vaga de Filme Internacional no Oscar 2020, Adam é o primeiro longa de Maryam Touzani, roteirista e atriz de Primavera em Casablanca.

Categorias: Centro de Artes UFF

SUBSTANTIVO FEMININO

seg, 18/11/2019 - 17:03

Brasil, 2015, 70´, 10 anos
De Daniela Sallet e Juan Zapata

O documentário resgata a história de Giselda Castro e Magda Renner, dua mulheres que foram fundamentais na militância em favor do meio ambiente, não só no Brasil, mas mundialmente. Tudo começou no ano de 1964, quando elas promoveram ações de cidadania junto à população carente e desinformada na Ação Democrática Feminina Gaúcha (ADFG). E foi a partir de então que as duas percorreram o mundo em conferências internacionais na ONU e no Banco Mundial. Prêmio Especial do Júri no Festival de Trieste 2017.

Categorias: Centro de Artes UFF

AZOUGUE NAZARÉ

seg, 11/11/2019 - 14:59

Brasil, 2018, 82’, 14 anos
De Tiago Melo
Com Valmir do Côco, Joana Gatis, Mestre Barachinha, Ananias de Caldas

O casal formado por Catita e Irmã Darlene vive em uma casa isolada, em meio a um imenso canavial. Ele participa escondido do Maracatu, combatido como coisa do demônio pelo pastor Barachinha, líder da igreja frequentada pela fiel Darlene. Também no canavial, um pai de santo pratica um ritual religioso com cinco caboclos, que incorporam entidades e desaparecem. A cidade de Nazaré da Mata testemunha esses acontecimentos misteriosos. Prêmio Bright Future (Melhor Primeiro Filme) no Festival de Rotterdam 2018, Melhor Fotografia no Kamera Oko 2018, Melhor Diretor no BACIFI 2018 e Melhor Ator no Festival do Rio 2018.

Categorias: Centro de Artes UFF

O IRLANDÊS

sex, 08/11/2019 - 17:51

The Irishman, Estados Unidos, 2019, 209’, 18 anos
De Martin Scorsese
Com Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci

Conhecido como “O Irlandês”, Frank Sheeran é um veterano de guerra cheio de condecorações que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Promovido a líder sindical, ele torna-se o principal suspeito quando o mais famoso ex-presidente da associação desaparece misteriosamente.

Venda SOMENTE pelo site https://www.eventbrite.com.br/o/o2-play-niteroi-28079340057

Categorias: Centro de Artes UFF

MOTORRAD

sex, 08/11/2019 - 17:42

Brasil, 2018, 92’, 16 anos
De Vicente Amorim
Com Guilherme Prates, Carla Salle, Emílio Dantas, Juliana Lohmann, Pablo Sanábio, Jaime Del Cueto

Um dos grandes desejos de Hugo é conseguir fazer parte do grupo de motocross do seu irmão mais velho. Decidido, ele rouba algumas peças para que possa montar sua motocicleta. Quando consegue o feito, ele encontra com a turma do irmão em uma cachoeira remota, onde fazem uma trilha e se deparam com um antigo muro. Hugo sugere que eles desmontem o muro e sigam a aventura, mas acabam encontrando a dona do ferro-velho de onde Hugo roubou as peças. Ela os convida para um caminho ainda mais radical, só que a diversão vira uma corrida pela sobrevivência quando eles passam a ser perseguidos por motoqueiros sádicos e sobrenaturais.

Categorias: Centro de Artes UFF

MAMA COLONEL

seg, 04/11/2019 - 19:23

Mama Colonel, Congo/França, 2017, 72’, 14 anos
De Dieudo Hamadi

Coronel Honorine, mais conhecida como “Mamãe Coronel”, trabalha para a polícia da República do Congo, à frente da unidade de proteção a menores e combate à violência sexual. Depois de trabalhar por 15 anos em Bukavu, leste do país, ela acaba de saber que foi transferida para Kisangani, onde terá que enfrentar novos desafios. Através do retrato desta mulher corajosa e obstinada, sempre em luta para que a justiça seja feita, o filme discute assuntos como a violência contra mulheres e crianças e a dificuldade de superação das guerras do passado. Melhor Documentário no Africa Movie 2017.

Categorias: Centro de Artes UFF

CINE SÃO PAULO

seg, 04/11/2019 - 19:21

Brasil, 2019, 78’, livre
De Ricardo Martensen e Felipe Tomazelli

Desde 1940, quando seu pai comprou um cinema na cidade de Dois Córregos, São Paulo, a vida de Francisco Teles, o Chico, passou a ser dedicada a esse lugar. A sala é o símbolo da transição do projetor a carvão ao digital, da resistência diante da TV e do videocassete e também da memória afetiva da cidade. O edifício, que está muito deteriorado, precisa ser restaurado e Chico tem a obsessão de fazer o velho cinema voltar a funcionar. Melhor Documentário no Festival Internacional de Cinema Latino-Americano de Biarritz 2017.

Categorias: Centro de Artes UFF

ARQUIVO EM CARTAZ 2019 – Mulheres no Cinema

seg, 04/11/2019 - 19:13

O Arquivo em Cartaz – Festival Internacional de Cinema de Arquivo, organizado pelo Arquivo Nacional, tem como objetivo a discussão em torno da preservação de acervos cinematográficos e a (re)utilização de materiais de arquivo em novas produções. Representa também um importante espaço de formação, reflexão, divulgação e exibição de filmes com imagens de arquivo. O evento é vocacionado para divulgar e incentivar a realização de filmes com imagens de arquivo e para debater e refletir a preservação de acervos cinematográficos.

Sua 5ª edição será realizada de 6 a 13 novembro de 2019, com o tema Mulheres de cinema. A iniciativa busca valorizar e dar visibilidade ao trabalho de mulheres cineastas, diretoras, produtoras, roteiristas e profissionais de arquivo.

Homenageadas em 2019:
Lúcia Murat, diretora, documentarista e roteirista;
Fátima Taranto, técnica em preservação de filmes.

 

Dia 08, sexta, 16h – Mostra Homenagem Lucia Murat

OLHAR ESTRANGEIRO
Brasil, 2006, 70’, 10 anos
De Lúcia Murat

Olhar estrangeiro é um filme sobre os clichês e as fantasias que se avolumam pelo mundo afora sobre o Brasil. Baseado no livro “O Brasil dos gringos”, de Tunico Amâncio (professor do Curso de Cinema da UFF), o documentário mostra a visão que o cinema mundial tem do país. Filmado na França (Lyon e Paris), Suécia (Estocolmo) e EUA (Nova York e Los Angeles), o filme, através de entrevistas com diretores, roteiristas e atores, desvenda os mecanismos que produzem esses clichês.  

Dia 09, sábado, 16h – Mostra Homenagem Lucia Murat

QUE BOM TE VER VIVA
Brasil, 1989, 100’, 14 anos, 35mm
De Lúcia Murat, com Irene Ravache, Criméia Schmidt Almeida, Maria Luiza Garcia Rosa, Estrela Bohadana

Murat, que foi torturada no período da ditadura, narra a vida de algumas mulheres brasileiras que pegaram em armas contra o regime militar. Há uma série de depoimentos de guerrilheiras e cenas do cotidiano dessas mulheres que recuperaram, cada uma à sua própria maneira, os vários sentidos de viver. Melhor Filme, Atriz e Montagem no Festival de Cinema de Brasília 1989, Melhor Atriz na Associação de Críticos de Arte de São Paulo 1989.

 

Dia 10, domingo, 16h – Mostra Homenagem Fatima Taranto

O AMULETO DE OGUM
Brasil, 1974, 112’, 16 anos, 35mm
De Nelson Pereira dos Santos, com Ney Sant’anna, Anecy Rocha,  Jofre Soares

Para entreter alguns ladrões, um violeiro cego canta a história de Gabriel, um menino cujo pai e irmão foram assassinados e que, a pedido da mãe, vai a um terreiro de Umbanda para fechar o corpo. Crescido, Gabriel se envolve com a gangue do bicheiro Severiano e passa a praticar atos criminosos na Baixada Fluminense. Quando ele se envolve com Eneida, a amante do bicheiro, é jurado de morte — mas conta com a proteção do amuleto de Ogum. Melhor Filme no Festival do Cinema Brasileiro de Gramado 1975 e Melhor Atriz pela Associação Paulista dos Críticos de Arte em 1975.

 

Dia 11, segunda, 16h – Sessão Temática Mulheres de Cinema – 12 anos

A ENTREVISTA
Brasil, 1966, 20’
De Helena Solberg

O documentário tem como base entrevistas feitas com jovens de classe média alta entre 19 e 27 anos sobre suas aspirações em relação ao casamento, sexo, profissão e submissão ao marido. Mesmo aquelas que se consideravam mais “lúcidas” e “modernas” mostram seu perfil mais tradicional da mulher idealizada, envolvida por romantismo e feminilidade.

TEU NOME VEIO DA ÁFRICA
Brasil,1979, 40’
De Maria Luiza Aboim

A iniciação no candomblé – a feitura do Iaô – de Florenir, ao 26 anos: a festa e a vida durante o resguardo.

 

Dia 12, terça, 19h – Sessão Temática Mulheres de Cinema
Exibição seguida de debate com a diretora Carla Civelli

É UM CASO DE POLÍCIA!
Brasil, 1959, 80’, 14 anos
De Carla Civelli, com Glauce Rocha, Sebastião Vasconcelos, Antonio Patiño

Belinha é uma fanática por histórias policiais. Quando ela ouve uma conversa sobre o assassinato de uma mulher, a jovem acredita ser uma conspiração para um crime e, com a ajuda do seu noivo, Godofredo, ela resolve investigar a situação.

 

Dia 13, quarta, 16h
Exibição do vencedor da Mostra Competitiva

Categorias: Centro de Artes UFF

FORO ÍNTIMO

ter, 29/10/2019 - 11:26

Brasil, 2019, 74’, 12 anos
De Ricardo Mehedff
Com Jefferson da Fonseca Coutinho, Bia França, Léo Quintão

Mesmo não tendo cometido nenhum crime, um importante juiz criminal se vê preso. Isso porque, devido ao seu trabalho de risco, ele está sendo severamente ameaçado de morte. Para se proteger, ele precisará viver sob um forte esquema de segurança e passar seus dias trancado no gabinete onde trabalha, no Fórum de Justiça, longe de todos os seus familiares. Melhor Filme Estrangeiro no Festival de Cinema Independente de Londres 2017 e Melhor Ator no Festival de Cinema de Avanca 2017.

Categorias: Centro de Artes UFF

A CIDADE DOS PIRATAS

ter, 29/10/2019 - 11:22

Brasil, 2019, 80’, 16 anos
De Otto Guerra
Com as vozes de Matheus Nachtergaele e Marco Ricca

Um diretor de cinema enfrenta uma situação complexa no meio da produção de seu longa metragem: Laerte, a autora de “Os Piratas do Tietê” começa a rejeitar os personagens quando o enredo está praticamente pronto. Para tentar salvar o filme, ele decide contar a história da cartunista e realidade e ficção se misturam em um caótico labirinto.

Categorias: Centro de Artes UFF

Páginas